Secretária de Saúde de Tuparetama emite nota de esclarecimento

Diante da matéria inverídica noticiada em um conhecido veículo de comunicação, a Secretaria Municipal de Saúde esclarece as acusações feitas pelo Sr. Joel Gomes, sobre um suposto favorecimento na aplicação da vacina contra a Covid-19.

1- O município recebeu as vacinavas Coronavac produzidas pelo Butantã para os trabalhadores de saúde. Como todos os profissionais da rede pública já foram imunizados, seguimos com o protocolo estadual de vacinação e avançamos para a próxima etapa de vacinação dos trabalhadores de saúde da rede privada onde inclui as funerárias, clínicas particulares, laboratórios, farmácias, etc.

2- A pessoa citada na inverídica denúncia trabalha na funerária Bom Jesus juntamente com seu pai, o que é conhecimento de todos de Tuparetama, portanto, fazendo parte do grupo prioritário.

3- Por sua vez, o vereador foi infeliz na sua acusação ao afirmar que a agente funerária havia “furado a fila” e tomado o lugar de um idoso. É importante informar que a vacina exclusiva para o grupo de idosos é a AstraZeneca, produzida pela Universidade de Oxford. Ou seja, são dois tipos de vacinas, cada uma direcionada para um público diferente.

4- A Secretaria de Saúde de Tuparetama informa ainda que não há nenhum tipo de privilégio e preza pela observância dos critérios de prioridade e pelo cumprimento dessas regras, seguindo as normas estabelecidas no informe técnico da Campanha Nacional de Vacinação e Plano Estadual de Vacinação para os grupos prioritários.

5- Por fim, acreditamos que a provocação do vereador não passa de uma atitude meramente politiqueira.

Atenciosamente,

Elizabeth Gomes
Secretária de Saúde de Tuparetama

Postar um comentário

0 Comentários