Projeto de lei quer que placas Mercosul tragam o nome da cidade e estado do veículo

Diversas foram as reclamações dos motoristas após a adoção do novo sistema de placas de identificação veiculares no Brasil, trazidas pela resolução 780/2019 do Contran. Além de novos preços, mais altos, falta de lacre e até a qualidade da impressão da placa, os motoristas reclamaram que o novo modelo deixou de exibir a cidade e estado do veículo.

Por isso, o José Airton Félix Cirilo (PT/CE) apresentou o projeto de lei 279/2021, que pretende incluir o nome da cidade e sigla do estado na impressão das novas placas.

Inicialmente, as placas Mercosul trariam o brasão da cidade e estado, mas o projeto foi alterado para que as informações estejam disponíveis apenas em consulta aos sistemas do Detran. As novas placas trazem apenas a inscrição Brasil centralizada na parte superior, além do brasão do Mercosul e bandeira do Brasil.

Troca de placas

Essa mudança traria um custo extra aos motoristas, já que uma das vantagens trazidas pelas placas Mercosul é a manutenção da placa no veículo, mesmo se esse trocar de cidade ou estado. Caso o projeto de lei 279/21 seja aprovado, as placas terão que ser refeitas se o veículo trocar de domicílio. (Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro)

Siga o Instagram de Romero do Mais Pajeú: CLIQUE AQUI
Siga o Instagram do blog: CLIQUE AQUI
Siga nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI e AQUI
Siga nosso canal no YouTube: CLIQUE AQUI

Postar um comentário

0 Comentários