Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (16/02/2021)

Presencial –
O Supremo Tribunal Federal (STF) negou seguimento a mandado de segurança do deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), que pretendia impedir a retomada de sessões presenciais na Câmara dos Deputados até o fim da pandemia da covid-19. O STF apontou que é questão “interna corporis”, que deve ser decidida pela própria Casa Legislativa.

Humberto defende nome de Marília - Em entrevista ao Blog do Alberes Xavier, o Senador Humberto Costa defendeu o nome de Marília Arraes ao governo de Pernambuco em 2022. “Temos deputados que tem desempenhado um belo trabalho e tem ajudado o partido, e não tenho dúvidas que em uma pesquisa feita hoje o nome de Marília Arraes é disparadamente favorito. Mas vamos aguardar os desdobramentos a nível nacional para nos posicionarmos”, afirmou.

Recondução - O deputado João Paulo Costa (Avante) foi reeleito por unanimidade presidente da Comissão de Esportes e Lazer da Assembleia de Pernambuco, nesta segunda-feira (15). O parlamentar, que vai permanecer liderando no biênio 2021-2022, agradeceu o apoio da Casa e se mostrou entusiasmado com a nova legislatura.

TRE marca julgamento sobre eleição de Arcoverde - O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) agendou para a próxima quinta-feira (18), às 9h, o julgamento de um recurso movido pela defesa do prefeito de Arcoverde, Wellington Maciel (MDB), contra uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) impetrada pela coligação Muda Arcoverde, liderada por Zeca Cavalcanti (PTB). A alegação da candidatura derrotada é de que houve abuso de poder econômico e político por parte do emedebista. Além de Wellington, o vice, Israel Rubis (PP), e a ex-prefeita Madalena Britto (PSB) também respondem ao processo. Em novembro de 2020, o juiz da 57ª Zona Eleitoral de Arcoverde, Draulternani Melo Pantaleão, chegou a cassar o registro de candidatura do prefeito eleito e do colega de chapa. O emedebista tentou retardar a decisão por diversas vezes, chegando a recorrer, e obteve no TRE a autorização para a diplomação. Caso o pleno do Tribunal considere procedente a decisão do juiz eleitoral, ocorre nova eleição. (Rádio Vivo)

Celpe culpa chuvas e raios na região por apagões em Serra Talhada - A Celpe esclareceu em nota que as recentes ocorrências de falta de energia em Serra Talhada foram motivadas pelas fortes chuvas, associadas a incidência de raios na região da Capital do Xaxado.

Postar um comentário

0 Comentários