Professora de faculdade de Serra Talhada vence concurso sul-americano

A cientista social e professora da Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UFRPE-UAST), Lorena Lima de Moraes foi premiada em primeiro lugar na categoria Ensaio, no IX Concurso Anual Sudamericano para Jóvenes: Derechos campesinos y dinámicas territoriales em tiempos del COVID-19, do Instituto para el Desarrollo Rural de Sudamérica (IPDRS - Bolívia). 

O texto premiado tem como título: “Mobilidade urbano-rural como entrave no acesso às políticas públicas em tempos pandêmicos: o drama das mulheres rurais do Nordeste brasileiro” e foi escrito em parceria com a antropóloga e professora do IFCE (Itapipoca), Tatiane Barros e com a bióloga recém-formada, Bárbara Silva (UNIVASF). Esta pesquisa teve a coordenação da professora Lorena Moraes (UFRPE-UAST) e contou ainda, com outras pesquisadoras que integram a Rede Interdisciplinar de Mulheres Acadêmicas do Semiárido (RIMAS): Rebeca Barreto (UNIVASF) e Nicole Pontes (UFRPE/UAST) e Shana Sieber (UFRPE/UAST/DADÁ).

E não é a primeira vez que a professora é premiada neste concurso. Na edição de 2019, Lorena Moraes junto com suas alunas e colegas pesquisadoras do DADÁ: Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Relações de Gênero, Sexualidade e Saúde, coordenado por ela, alcançaram o terceiro lugar com o ensaio intitulado Pesquisa, extensão e troca de saberes: um relato de experiência a partir da pesquisa “Mulheres rurais e uso do tempo”.

O ensaio do concurso de 2019 pode ser acessado através do link a seguir: https://www.sudamericarural.org/index.php/nuestra-produccion/exploracion...

E o ensaio premiado na edição de 2020, será publicado em breve.

Siga o Instagram de Romero do Mais Pajeú: CLIQUE AQUI
Siga o Instagram do blog: CLIQUE AQUI
Siga nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI e AQUI
Siga nosso canal no YouTube: CLIQUE AQUI
Entra no nosso grupo no whatsapp: CLIQUE AQUI

Postar um comentário

0 Comentários