Médico lamenta a morte de influenciadora após lipoaspiração

Após a morte de Liliane Amorim no domingo (24) por complicações de uma lipoaspiração, o médico responsável pelo procedimento, Benjamin Alencar, se pronunciou sobre o episódio depois também do vazamento de um áudio, onde ele garantia que a cliente não tinha tomado cuidados necessários. A assessoria de comunicação do cirurgião plástico informou em nota que o médico lamentou com "um profundo pesar pelo falecimento da paciente" e que se colocava "à disposição da família para auxiliar em tudo o que seja necessário".

O comunicado ainda informa que o Benjamin realizou o procedimento em um centro hospitalar, em Juazeiro do Norte, de referência e apropriado para a cirurgia, além de todas as exigências regulamentares e legais. Ele também garantiu que toda a assistência médica foi prestada tanto no pré quanto no pós-operatório não apenas pelo cirurgião como também pela equipe do profissional. A coluna procurou o médico nos dois número de celulares do perfil oficial - um no Rio e outro no Ceará - e não conseguiu achá-lo. As redes sociais do profissional foram fechadas.

A família de Liliane Amorim, de 26 anos, já confirmou que irá entrar com uma ação criminal contra Benjamim Alencar. A família o acusa de erro médico e segundo a advogada da família da influenciadora, Débora Helen Santos Araújo, o cirurgião teria perfurado o intestino da paciente durante a operação, o que resultou em uma infecção generalizada causando sua morte. (O Dia)

Siga o Instagram de Romero do Mais Pajeú: CLIQUE AQUI
Siga o Instagram do blog: CLIQUE AQUI
Siga nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI e AQUI
Siga nosso canal no YouTube: CLIQUE AQUI
Entra no nosso grupo no whatsapp de Afogados: CLIQUE AQUI

Postar um comentário

0 Comentários