Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (13/01/2021)

Calumbi –
Em entrevista, ontem, ao Frente a Frente, o novo prefeito da pequena Calumbi, no Sertão do Pajeú, Erivaldo José da Silva, o Joelson, do Avante, disse que passados 12 dias da sua posse ainda não tem a menor noção da herança maldita deixada pela ex-prefeita Sandra da Farmácia (PT), porque não encontrou um só computador no gabinete ou na Secretaria de Finanças armazenando as informações sobre a saúde financeira do município. “Levaram tudo, nem pagamento de pessoal em tenho noção de como ficou. O que ouço é que não há atraso, mas nada oficial”, desabafou. Que vergonha! (Magno Martins)

Novo prefeito Irlando Parabólicas acusa Tássio de ter deixado débitos de R$ 20 milhões - Falando a Rádio Vila Bela FM, o prefeito de Santa Cruz da Baixa Verde, Irlando Parabólicas (PP), afirmou que assumiu o município em uma situação de calamidade financeira deixada pelo ex-prefeito Tássio Bezerra (PTB). De acordo com Irlando, em reprodução do Baixa Verde Notícias, os débitos deixados pela gestão anterior alcançam o patamar de R$ 20 milhões. O valor maior corresponde à herança do parcelamento da previdência municipal. As cifras, com os valores atualizados com juros superam os R$ 16 milhões. Além disso, outros débitos com fornecedores, alugueis e folhas de pagamentos atrasadas com professores e contratados chega a R$ 4 milhões. Ainda segundo o prefeito, uma auditoria financeira está sendo realizada para detalhar todo o montante de dívidas deixadas pela gestão anterior. Irlando Parabólicas finalizou a entrevista dizendo que irá convocar nos próximos dias novos servidores públicos do último concurso realizado em 2019 no município. A expectativa é que médicos, enfermeiros e professores preencham as vagas.

CIMPAJEÚ faz reunião para tratar sobre funcionamento do SAMU - O Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú – CIMPAJEÚ, anunciou através de seu perfil no Instagram, que na próxima quinta-feira (14), acontece uma importante reunião extraordinária com os trinta e cinco municípios que fazem parte do SAMU Consorciado III Macrorregião CIMPAJEÚ. A reunião acontece no Céu das Artes, em Serra Talhada e está marcada para às 13h. Segundo o comunicado, dentre os assuntos que serão discutidos na pauta destacam-se os prazos que serão dados para os municípios organizarem suas bases e ambulâncias. O blog já publicou informação de que se os municípios não formalizarem o início das atividades em até 90 dias, terão que devolver ao Ministério da Saúde as ambulâncias que seriam destinadas ao programa, mas servem para mera transferência fora da região, a famigerada ambulancioterapia e os recursos repassados, inclusive corrigidos. Uma bolada que pode afetar a saúde dos municípios. (Rádio Vivo)

Favorito – No Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) tem amplo favoritismo para vencer a eleição para a presidência da Casa. Ele é o candidato de Davi Alcolumbre e ainda conta com o apoio do presidente Bolsonaro. 

Sem definição - A cidade de Pesqueira segue sem nenhuma definição com relação ao pleito eleitoral de 2020. O vereador Bal, virou prefeito interino após o Cacique Marquinhos (Republicanos) ter conseguido juntar a maioria e fazer a presidência da câmara. A esperança é de que em fevereiro o TSE determine o destino da cidade. Se o Cacique vai ser confirmado como eleito e assume de fato e de direito a prefeitura ou se a cidade terá novas eleições.

Inocente quer saber - Quem assumirá o protagonismo da Oposição em São José do Egito?

Postar um comentário

0 Comentários