Governo de Pernambuco suspende Carnaval 2021 por causa da pandemia

Em coletiva de imprensa no fim da tarde desta quinta-feira (17), o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, anunciou a suspensão do Carnaval de 2021 em todo o Estado.

De acordo com o secretário, Pernambuco voltou a patamares vistos no final de setembro e início de outubro com relação às contaminações pelo novo coronavírus e não será possível a realização do evento devido a sua característica de aglomeração.

Pernambuco fechou, no último sábado (5), a Semana Epidemiológica (SE) 50 com alta nos indicadores de solicitações de UTI e de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), o que configurou a semana como a 4ª seguida com aumento dos patamares epidemiológicos. Na SE 50, houve aumento de 2,5% nos casos de Srag suspeitos para a Covid-19, na comparação com a SE 49, e de 9,8% em relação à SE 48.

"Diante desses dados epidemiológicos e pelo fato de que, até meados de fevereiro, não teremos ainda a maior parte da população vacinada, o Carnaval de 2021 está suspenso em Pernambuco", informou Longo.

Longo ainda salientou que a decisão foi tomada com profundo pesar, visto que o Carnaval representa muito mais que uma festa para o Estado.

"Essa não é uma decisão fácil, é com muito pesar que a anunciamos. O Carnaval representa muito mais do que uma festa para o povo pernambucano, mas, no atual contexto de pandemia, não há possibilidade de realização de um acontecimento desse porte que mobiliza multidões e é, pela sua natureza, um momento de encontro, de aglomeração, que, por vezes reúne, milhões de pessoas", comentou.

Postar um comentário

0 Comentários