Arcoverde: Delegado arquiva investigação sobre corrupção eleitoral

O delegado de Polícia de Arcoverde, Rafael Henrique de Sena Oliveira, decidiu arquivar uma denúncia de corrupção eleitoral sobre um flagrante que ocorreu no último dia 15 de novembro, poucas horas antes das eleições. O blog teve acesso ao boletim de ocorrência, que traz as informações detalhadas acerca do caso.

Na ocasião, uma equipe da Rocam abordou o agente penitenciário Gleyson Rogerio Martins de Oliveira e encontrou com ele uma pistola calibre 40, que pertence à Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba, um carregador e 15 munições, R$ 3,2 mil, além de 800 santinhos de Wellington da LW (MDB), prefeito eleito de Arcoverde.

Gleyson estava em um Ford Fusion e acompanhado de uma outro homem. Ambos foram conduzidos à Delegacia. Há imagens que mostram o que foi apreendido na abordagem policial. Na quarta-feira passada (25), contudo, o delegado Rafael Henrique alegou “inexistência de elementos informativos mínimos para a instauração de inquérito policial” e, além de arquivar, devolveu o material encontrado com os suspeitos.

Diante da decisão do delegado, o ex-candidato a prefeito Zeca Cavalcanti (PTB) foi à Corregedoria de Polícia e ao Ministério Público pedir providências para que as investigações prossigam. (Magno Martins)

Postar um comentário

0 Comentários