Vacina da Rússia é segura e induziu resposta imune contra coronavírus, diz revista médica The Lancet

Participe de nosso grupo no Whatsapp:
CLIQUE AQUI
Participe do nosso Instagram: CLIQUE AQUI
Participe do nosso Instagram 2: CLIQUE AQUI
Participe da nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI
Siga nosso canal no YouTube: CLIQUE AQUI

Um estudo preliminar publicado na revista médica The Lancet, nesta sexta-feira (4), apontou que a Sputnik V, vacina desenvolvida na Rússia para a covid-19, não teve efeitos adversos e induziu resposta imune contra a a doença. No entanto, os pesquisadores russos reconheceram a necessidade de mais testes para comprovar a eficácia da imunização.

O documento é baseado em dois testes realizados em junho e julho deste ano com 76 pessoas. Os resultados indicaram que 100% dos participantes desenvolveram anticorpos para o novo coronavírus sem efeitos colaterais graves.

Anunciada no dia 11 de agosto pelo governo russo, a vacina foi a primeira a ser concluída no mundo, mas a falta de pesquisas divulgadas sobre os testes gerou desconfiança em outros Países. 

No caso do Brasil, o Paraná fechou acordo para desenvolver a vacina russa. (Via: AFP)

Postar um comentário

0 Comentários