Em Tuparetama, a convenção que homologou a candidatura do ex-prefeito Dêva Pessoa, foi marcada por incêndio, aglomeração e confusão com a polícia.

Em Tuparetama, a convenção que homologou a candidatura do ex-prefeito Dêva Pessoa, foi marcada por incêndio, aglomeração e confusão com a polícia. Logo pela manhã, ao soltarem fogos, um incêndio de razoável proporção foi causado no Cruzeiro da cidade destruindo parte da vegetação e precisou da ajuda de populares para conter as chamas que por pouco não atingiram as residências próximas ao local.

Já o ato da convenção foi marcado pelo mal exemplo com aglomeração e concentração do público presente, descumprindo o decreto municipal que restringiu a quantidade de pessoas permitidas em eventos, uma vez que o número de casos positivos para o covid-19 vem aumentando na região.

No final do evento, a polícia precisou intervir para conter o princípio de uma carreata que estava sendo organizada pelo grupo. Durante a ação houve bate boca entre os correligionários de Dêva e a polícia que precisou conter a militância.

Postar um comentário

0 Comentários