Arcoverde: morte a esclarecer e homem baleado durante operação policial

Participe de nosso grupo no Whatsapp:
CLIQUE AQUI
Participe do nosso Instagram: CLIQUE AQUI
Participe do nosso Instagram 2: CLIQUE AQUI
Participe da nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI
Siga nosso canal no YouTube: CLIQUE AQUI

Por volta de 14h21min de ontem (04/09/2020), a equipe da GT OP.FORTE foi acionada pela Central de Operações para averiguar uma ocorrência em que segundo populares havia uma pessoa que possivelmente que um homem teria falecido. Ao chegar a Av. Conselheiro João Alfredo, nº 13, Bairro Boa Vista, o presente policiamento se deparou com o corpo da vítima, que por sua vez não possuía de fato nenhum sinal vital, de pronto a Policia Civil foi informada e passou a tomar as providências de praxe.

Em outra ocorrência, por volta das 20h30min de ontem (04/09/2020), as equipes Malhas da Lei/Nis-01 e Gati/3ºBPM, monitoravam um indivíduo com Mandado de Prisão Expedido pela Vara Criminal de Arcoverde, momento em que foram acionados para averiguar uma denúncia de que no Loteamento Veraneio haviam 02 (dois) indivíduos discutindo e que um deles estaria com arma de fogo. 

De imediato foi feito o deslocamento e o chegar ao local visualizou um indivíduo com uma arma de fogo longa na mão, o qual adentrou uma residência correndo. 

Nesse momento, uma das equipes policial se deslocou a lateral da casa, momento em que os policiais militares visualizaram o suspeito pulando o muro e apontando a arma em direção na sua direção, que em ação rápida de Legítima Defesa um dos policiais efetuou um disparo de arma de fogo, atingindo o imputado na região das nádegas, o qual caiu ao chão, vindo a soltar a arma. 

Ao fazer a aproximação e varredura, foi observado tratar-se de 01 (uma) Espingarda soca-soca, cal. 12, municiada. Nesse momento, foi cessada a reação do imputado, passaram a providenciar o socorro dele ao Hospital Regional, onde lá recebeu assistência médica, sem risco de morte. 

Foi encontrado no interior da residência os seguintes objetos: 01 (um) simulacro de garruncha, 08 (oito) aparelhos celulares de procedência duvidosa, 04 (quatro) carretéis de linha de nylon, 01 (uma) balança de precisão, 03 (três) bolsas de maconha, pesando 651g (Seiscentos e cinquenta e um gramas) 01 (um) invólucro de plástico contendo 100 (cem) sementes de maconha. 

O imputado é ex-interno da Funase-Arcoverde, bem como, já cumpriu pena no Presídio Advogado Brito Alves. 

O imputado foi custodiado no Hospital Regional, e em seguida foi apresentado à Delegacia de Polícia local, para dar continuidade ao Flagrante Delito.

Postar um comentário

0 Comentários