Ex-prefeito de Tupanatinga Manoel Tomé teve contas rejeitadas e tudo indica ficará inelegível

O presidente e vice-presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Dirceu Rodolfo, e Ranilson Ramos, entregaram nesta sexta-feira (14), ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) Frederico Neves, a lista com gestores que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo Tribunal nos últimos 8 anos. São 1.148 contas julgadas irregulares, incluindo as de 154 prefeitos. A lista é entregue a cada dois anos à Justiça Eleitoral por determinação da lei 9.504/97.

De acordo com documento lançado hoje dia 14/08/2020 pelo  TRE o ex-prefeito  de Tupanatinga, Manoel Tomé, 
teve suas contas rejeitadas durante a sua gestão e ao que tudo indica não poderá ser candidato a prefeito do município.

Essa notícia abalou o núcleo político do candidato que não sabem mais o que fazer com essa situação.


Postar um comentário

0 Comentários