Animal na pista provoca acidente envolvendo tabirenses e um egipciense

Participe de nosso grupo no Whatsapp:
CLIQUE AQUI
Participe do nosso Instagram: CLIQUE AQUI
Participe do nosso Instagram 2: CLIQUE AQUI
Participe da nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI

Na noite desta quinta-feira, 20/08/2020, por volta das 18h00min, o Inspetor juntamente com a Guarnição de Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) foi acionado via Central de Comunicações (CECOM) onde a mesma informou que na PE-320 próximo do povoado de Araras teria acontecido um acidente de trânsito. 

De imediato seguiram para o local e ao chegar no mesmo constataram a veracidade dos fatos onde segundo populares o senhor L.C.B.S., 31 anos, solteiro, conferente, residente em São José do Egito, conduzia seu veículo um VW/NOVO GOL TL MCV, cor: prata, placa: QNQ - 9128, ano 2017/2018, sentido Tabira-PE/São José do Egito-PE, quando próximo ao povoado de Araras um animal (CAVALO) atravessou a pista vindo a colidir frontalmente com o seu veículo, logo em seguida a senhora F.R.M., 20 anos, solteira, agricultora, que conduzia uma motocicleta HONDA/ CG 125 FAN ES, placa: ECA-8084, sentido Tabira-PE/São José do Egito-PE e a senhora M.I.G.E.S., 43 anos, casada, agricultora, que trafegava como passageiro na motocicleta e uma criança de 3 anos, que também trafegava como passageiro vieram a colidir com o animal que encontrava-se caído na pista já sem vida. 

Diante da situação foi acionado o Grupamento de Atendimento a Emergência e Resgate (GAER) para prestar atendimento e posteriormente conduzir as vítimas até o hospital local onde as mesmas ficaram sob cuidados médicos. 

Vale salientar que no decorrer da ocorrência foi entregue a guarnição pelo senhor José Vitor de Lima, 24 anos, solteiro, uma carteira contendo os documentos da senhora M.I.G.E.S., e a quantia de um mil e oitenta e dois reais (R$1082), que posteriormente foram entregues a filha da vítima a senhora M.M.G.S., 19 anos, solteira, agricultora. 

Diante da situação a ocorrência foi registrada na delegacia de polícia para serem tomadas as medidas cabíveis.

Postar um comentário

0 Comentários