Nenhuma cidade do Pajeú avança para a próxima etapa do plano de reabertura da economia

Sessenta cidades do Sertão de Pernambuco não poderão avançar para a próxima etapa do Plano de Convivência com a Covid-19 do governo estadual, que detalha como será a reabertura da economia. Municípios que ficam nas regiões de saúde de Arcoverde, Salgueiro, Petrolina, Ouricuri, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada não terão outras atividades econômicas liberadas e continuarão com as que já estão funcionando.

A justificativa do governo é que os números de casos e mortes provocadas pelo novo coronavírus, além da demanda por leitos em unidades de saúde, ainda não estão estabilizados. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa online, nessa terça-feira (30).

Na próxima segunda-feira (6), 50 cidades das regiões de saúde do Recife, Limoeiro e Goiana seguem para a quinta etapa do Plano de Convivência com a Covid-19. Portanto, poderão reabrir os estabelecimentos de venda de automóveis com 100% da capacidade e os serviços de escritório, com 50%.

Veja as cidades do Sertão que não poderão avançar no plano de retomada:

6ª Regional de Saúde: Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manarí, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa

7ª Regional de Saúde: Belém do São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejante

8ª Regional de Saúde: Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista

9ª Regional de Saúde: Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade

10ª Regional de Saúde: Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama

11ª Regional de Saúde: Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo

Postar um comentário

0 Comentários