Isaltino comemora PEC contra o racismo

Foto: Roberto Soares/Alepe

Com 40 votos dos parlamentares, socialista diz que esse será um importante instrumento contra o preconceito de cor, raça e etnia

Passou hoje à tarde no plenário da Alepe com 40 votos a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata sobre discriminação e racismo. De autoria do deputado estadual Isaltino Nascimento, a PEC aborda a estratificação racial que existe no Brasil e que privilegia a parcela branca da população. 

“A partir de agora a Constituição de Pernambuco passa a ter incluso o combate à discriminação e ao preconceito de raça, cor, etnia. Será de grande importância para a prevenção e o enfrentamento ao racismo institucional e estrutural no Estado”, comemora o deputado. 

A urgência em se ter uma PEC com essa abordagem veio no momento em que ocorreram vários fatos no Brasil e no mundo que desnudaram tão cruelmente a violência vivida pelas pessoas negras. “O caso do americano George Floyd e do menino Miguel aqui em Pernambuco estimularam o nosso mandato e a Casa de Joaquim Nabuco a encontrar “armas” que não deixem passar o preconceito de cor e raça”, exemplifica Isaltino. 

“A proposta será mais um instrumento de combate ao racismo comportamental, institucional e estrutural na nossa sociedade”, complementa. 

A PEC, aprovada pela maioria dos parlamentares presentes na reunião plenária de hoje, deverá ser publicada em Diário Oficial nos próximos dias.

Postar um comentário

0 Comentários