Vídeo: com medo da morte pela facção, mãe entrega localização do filho que humilhou e agrediu criança

Rodrigo Nogueira Fonseca, 24 anos, foi preso na manhã deste sábado (6), em uma quitinete no bairro Lírio do Vale (Zona Oeste de Manaus), por policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Ele estava sendo procurado após filmar agressões feitas por ele contra o próprio filho, um bebê de 1 ano e 10 meses. O vídeo repercutiu em redes sociais e causou revolta na sociedade manauara.

Conforme o capitão Carpê Andrade da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o homem foi detido para prestar depoimentos na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), sobre as agressões cometidas contra a criança. A mãe do suspeito colaborou com as informações do paradeiro do filho.

Rodrigo quis falar com a imprensa no momento da chegada na Depca e disse que gravou as agressões aos filhos em um momento de raiva e afirmou estar arrependido. “Fiz isso para atingir minha ex-companheira mas ela já fez muito pior com meus filhos. Eu estou arrependido, foi em um momento de raiva”, declarou. 

"Vamos fazer o procedimento de maus-tratos e fazer o pedido de uma medida protetiva para que ele não se aproxime da criança. Fato que não será necessário, caso ele seja preso. A mãe da criança disse à delegada que acredita que Rodrigo gravou os vídeos como forma de se vingar. É um bebê de apenas um ano e dez meses e agora vai ficar com a mãe", explicou a delegada Joyce Coelho, titular da Depca.

Rodrigo deverá prestar depoimento e ficará à disposição dos policiais civis da Depca. (Em Tempo)

Postar um comentário

0 Comentários