Saúde municipal orienta comerciantes de Tuparetama sobre reabertura dos estabelecimentos

Após a divulgação do cronograma estadual de flexibilização das atividades econômicas, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde se reuniu com representantes do segmento para discutir a abertura gradual dos estabelecimentos comerciais e serviços não essenciais de Tuparetama.

A reunião aconteceu na última quarta (17), no auditório da Casa da Cultura, onde foram apresentadas as exigências sanitárias que deverão ser atendidas para garantir a segurança dos funcionários, proprietários e clientes.

O protocolo estadual exige o uso obrigatório de máscara para os trabalhadores, máscara do cliente, disponibilização de álcool em gel e limpeza assídua dos ambientes de no mínimo duas vezes ao dia. O estabelecimento deverá comunicar à Vigilância Sanitária qualquer suspeita ou aparecimento de sintomas entre funcionários e proprietários.

“Nossa preocupação é com o aumento de pessoas infectadas pelo coronavírus. O Pajeú vivencia o pico da epidemia e todos os cuidados devem ser tomados. Durante a semana, agentes da Vigilância Sanitária visitarão o comércio para fiscalizar e orientar acerca dos cuidados.”, reforçou Elizabeth Gomes, secretária de Saúde.

Os segmentos autorizados a funcionar foram as movelarias, lojas de construção, lojas de varejo (roupa, calçados, variedades etc), óticas, clínicas odontológicas, salões de beleza e barbearias.

Postar um comentário

0 Comentários