Médico João Veiga diz que mortes no Pajeú por Covid-19 serão revistas

Falando ao comunicador Anchieta Santos durante o programa Cidade Alerta da Rádio Cidade FM de Tabira, o médico João Veiga, afirmou que as mortes por Covid-19, na região do Pajeú, serão revistas. “Das dezoito mortes da região, muitas serão revisadas. Estamos analisando caso a caso. Eles estavam com o coronavírus, mas não morreram da Covid-19. Eles estavam com câncer, metástases e foi para o hospital e se contaminaram, eles não morreram da Covid-19, testaram positivo, mas morreram do câncer.” Afirmou. 

Crítico do isolamento horizontal, Veiga disse que o vírus não está no ar. “Se tiver muitas pessoas perto e uma pessoa contaminada falar, ou espirrar, ou tossir, aí pode se contaminar com as gotículas que saem da boca”, disse. Para ele só existe duas formas de se livrar do vírus, que é pegando ou quando tiver a vacina”. 

Questionado se o aumento de casos na região do Pajeú representaria o pico da doença, ou se o quadro ainda poderia se agravar, o médico disse acreditar que os casos de contaminação vão aumentar, mas, que “vamos ter menos morte e menos pessoas em estado grave”. (Por Anchieta Santos/ Edição de André Luíz)

Postar um comentário

1 Comentários