Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (29/06/2020)

Câmara de Tabira vota hoje em 1º turno as contas 2014 do Prefeito Sebastião Dias rejeitadas pelo TCE -
Pré-candidata a sucessão do Prefeito Sebastião Dias em Tabira, a vereadora e Presidente da Câmara Nely Sampaio justificou falando a Rádio Cidade FM, o nome de Maria Helena como sua candidata a vice e não o do pai e atual vice-prefeito Jose Amaral, como uma decisão do partido. Declarou entender o posicionamento de Edmundo Barros e de outros pré-candidatos a vereador na chapa do MDB que antes defendiam o seu nome, mas agora com as filiaç&o tilde;es encerradas já não defendem mais. Nely disse não ter tratado com Waldemar Borges sobre sua candidatura a deputada estadual em 2022 anunciada por seu pai e ex-prefeito Mano, porque trabalha com a possibilidade de vitória na eleição municipal. Negou ter engavetado as contas 2014 da gestão Sebastião Dias até porque tem até 13 de julho o prazo para a votação. Nely anunciou que hoje a Câmara vota as contas em 1º turno. O governo precisa de 8 votos para reverter a decisão pela rejeição do TCE. Provocada a falar sobre a possibilidade de enfrentar o parente e médico Gilson Brito na disputa pela prefeitura tabirense, a vereadora disse que está acostumada a enfrentar sempre alguém de sua família nas urnas. (Por Anchieta Santos)

Vai repetir 2006? - Muitos já falam nos bastidores que o ex-presidente Lula tentará repetir a cena do famoso comício do Recife, quando colocou no mesmo palanque Eduardo Campos e Humberto Costa, ambos disputando o Governo de Pernambuco naquela ocasião. Só mudaria as figuras, no caso, João Campos e Marília Arraes. Será que ele consegue repetir o feito? (Elielson)

Convenções – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve votar, nesta terça (30), regras para a realização das convenções partidárias pela Internet, devido à pandemia. O relator do projeto é o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso. Vão ser registradas eletronicamente a ata e a lista de presentes à convenção virtual, já que esses atos estão sujeitos à conferência pela Justiça Eleitoral.

Sublegenda chupa osso – Já esperada, a decisão do diretório municipal do PT no Recife, ontem, 100% favorável à manutenção da aliança com o PSB em apoio à candidatura de João Campos, passando por cima do que deseja a executiva nacional, fechada com Marília Arraes na disputa, é vergonhosa, imoral, um atestado público de um partido que virou sublegenda do PSB e que está agarrado apenas aos cargos. Até quando o PT vai continuar sendo protagonista apenas de legenda não larga osso? Dizem que só Humberto Costa, o senador que votou contra o projeto do saneamento universal para tirar o povo da lama, controla mais de mil cargos no Estado e na Prefeitura do Recife. Vergonhoso! (Magno Martins)

Postar um comentário

0 Comentários