Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (23/06/2020)

Jovens –
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, nesta segunda (22), a campanha digital “Eu na Prefeitura, Eu na Câmara”. A iniciativa tem o objetivo de incentivar o público jovem a participar ainda mais das discussões políticas da sua cidade, bem como de alertar esses eleitores sobre a importância do voto consciente. Hoje, o Brasil conta com 1.310.194 eleitores entre 16 e 17 anos, que tem voto facultativo.

Sem grana – O presidente Jair Bolsonaro disse, ontem, que o Governo não suportará pagar mais duas parcelas do auxílio emergencial no valor de R$ 600, além das três já programadas. “O Paulo Guedes decidiu pagar a quarta e a quinta, mas falta acertar o valor. A União não aguenta outro com esse mesmo montante”, disse Bolsonaro ao canal Agro+, da Band TV. Segundo ele, um valor do auxílio mais baixo será negociado no Congresso, já que o que está em vigor custa R$ 50 bilhões por mês ao governo. “Queremos atender o povo, mas com muita responsabilidade”, afirmou.

Dois pesos e duas medidas - O deputado Carlos Veras (PT) em entrevista à Rádio Folha afirmou que o impeachment de Dilma Rousseff foi mais um indicativo de opressão à participação feminina na política. Questionado se ele apoiava a candidatura de Marília Arraes, do seu partido, a prefeita do Recife, Carlos Veras mudou de posição, defendendo a aliança com o PSB, que tem como pré-candidato João Campos, consequentemente não dando apoio a participação feminina na política. (Edymar Lira)

Prefeitura de Tabira decreta ponto facultativo hoje e feriado amanhã - Considerando as festividades de São João e a Lei Orgânica do Município, o prefeito de Tabira Sebastião Dias, decretou ponto facultativo hoje dia 23 e feriado municipal amanhã, 24 de junho, dia de São João. Falando a Rádio Cidade FM ontem, Sebastião anunciou também ter sancionado Projeto de Lei da Câmara de vereadores autorizando o acendimento de fogueiras na zona rural e a proibição na cidade e povoados. Sobre a volta da feira de gado o gestor tabirense disse esperar pela definição do Governo do Estado. (Anchieta Santos)

Gestores são intimados pelo TCE-PE a prestar informações sobre pessoal; dentre eles o Ipsmai de Afogados da Ingazeira – Ontem, segunda-feira (22), o Tribunal de Contas de Pernambuco enviou ofício a gestores de 222 prefeituras e órgãos públicos de municípios e Estado para que encaminhem, no prazo de 30 dias, informações referentes ao módulo de pessoal do sistema Sagres (Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade), que estão em atraso. Das 222 unidades jurisdicionadas intimadas, 64 estão inadimplentes com o sistema desde 2016. Outras 30 estão com remessas pendentes desde 2017, 24 com inadimplência desde 2018 e outros 68 órgãos, inadimplentes desde 2019. (Rádio Vivo)

Postar um comentário

0 Comentários