Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (11/06/2020)

Quinze Estados e o DF investigam fraudes no combate à pandemia -
A operação da Polícia Federal (PF) deflagrada quarta-feira (10) no Pará, que investiga supostas fraudes na compra de respiradores, essenciais para o tratamento de vítimas em estado grave da covid-19, dá sequência a uma série de ações similares vistas em vários pontos do país desde o início da pandemia. Para ser preciso, quinze Estados e o Distrito Federal apuram irregularidades no uso de verbas que deveriam ser destinadas ao combate à pandemia. A urgência da situação sanitária, com o avanço do número de infectados pelo novo coronavírus, fez com que o Congresso Nacional aprovasse uma medida provisória do governo federal que dispensava licitação, durante o período de calamidade pública, na compra de equipamentos necessários para o combate aos casos da covid-19. Assim, ficou mais fácil e rápido a governadores e prefeitos de todo o Brasil adquirir máscaras, luvas, álcool gel, ventiladores pulmonares (respiradores) e outros itens hospitalares. Porém, como um ônus à medida, também abriu-se uma brecha para falcatruas.

Loucura de fã – A invasão à sede da TV Globo, ontem, no Rio, nada tem a ver com o clima de radicalização que reina hoje no País envolvendo bolsonaristas e críticos do Governo Federal. O caso tem uma explicação simples: o homem é maluco, fã da jornalista Renata Vasconcelos, âncora do Jornal Nacional. O que ele queria, na verdade, ao fazer de refém a jornalista Marina Araújo, era conhecer Renata, que ontem estava aniversariando. “Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política”, informou a emissora do plim-plim, ao justificar o ato insano em nota oficial.

Aprovadas – As contas de Bolsonaro em 2019 foram aprovadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). “A partir dos fundamentos apresentados, a minuta de Parecer Prévio que submeto à consideração do Plenário é no sentido de que as contas atinentes ao ano de 2019 estão em condições de serem aprovadas, com ressalvas, pelo Congresso Nacional”, disse o relator, ministro Bruno Dantas. O parecer do TCU será submetido ao Congresso Nacional, que tem a decisão final, mas costuma seguir a orientação técnica do TCU.

Convenções – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) instituiu um grupo de trabalho que vai definir as regras para as convenções partidárias pela Internet que escolherão os candidatos das eleições de 2020. O grupo será presidido pelo ministro Luis Felipe Salomão, do TSE. O objetivo é evitar aglomerações com a pandemia.

Ministério das Comunicações fica com o genro de Silvio Santos - O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem a recriação do Ministério das Comunicações. O novo ministro será o deputado Fábio Faria (PSD), casado com Patrícia Abravanel, filha de Silvio santos, dono do SBT. Com o gesto, o presidente se aproxima do Centrão.

Alerj decide abrir processo de impeachment contra o governador Wilson Witzel - A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) decidiu, por unanimidade em votação, abrir o processo de impeachment contra o governador Wilson Witel (PSC) nesta quarta-feira (10). A decisão não o afasta do cargo. O anúncio foi feito por volta de 17h35 pelo presidente da Casa, André Ceciliano (PT), a quem cabia acolher o pedido ou não. Antes, entretanto, ele colocou a decisão para uma votação simbólica no plenário. O pleito foi unânime com 69 votos favoráveis. Rosenverg Reis (MDB) se ausentou.

Postar um comentário

0 Comentários