Cidades do interior de Pernambuco proíbem fogueiras no São João

As prefeituras de algumas cidades do interior de Pernambuco decidiram proibir o acendimento de fogueiras durante o mês de junho, quando são comemorados os dias de Santo Antônio (13), São João (24) e São Pedro (29). O motivo é a pandemia do novo coronavírus. A doença causada pelo vírus, a covid-19, pode ocasionar problemas respiratórios ao paciente.

Em Bezerros a prefeitura publicou o decreto nº 2.348 na última sexta-feira (29) proibindo as fogueiras. Haverá fiscalização nos dias de festa para garantir o cumprimento, tanto na cidade como na zona rural. Segundo a prefeitura, quem descumprir estará sujeito à responsabilização por crime contra a saúde pública, tipificado no artigo 268 do Código Penal.

A Prefeitura de Pesqueira também publicou um decreto no último domingo (31) recomendando que não sejam utilizados fogos de artifício em espaços públicos ou privados por causa do risco de acidentes. O objetivo é evitar uma superlotação de hospitais públicos e privados por intoxicação por fumaça ou acidentes com fogos, além de aglomerações provocadas pelas festas juninas e fogueiras.

O município acabou revogando o decreto pela falta de um parecer de um infectologista e um pneumologista, mas o documento deve ser publicado novamente em breve.

Festas canceladas – As festas juninas de vários municípios do interior do Estado foram canceladas por causa da pandemia. A cidade de Caruaru, que tem uma das maiores festas do Brasil, faria a abertura no último fim de semana não fosse a pandemia. A prefeitura da Capital do Agreste não publicou determinações sobre fogueiras. Em Petrolina o evento foi suspenso por tempo indeterminado.

Em Afogados da Ingazeira o tradicional ciclo junino que vem junto com a Expoagro e festa de emancipação política também foram canceladas.

Postar um comentário

0 Comentários