Afogados tem mais 2 casos confirmados de coronavírus


A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que o município conta agora com mais dois novos casos confirmados de Covid-19. O primeiro caso é o de um paciente do sexo masculino, 30 anos, profissional de segurança, que estava em investigação após apresentar sintomas sugestivos para covid-19. O exame, cuja coleta de swab foi realizada no Hospital Regional Emília Câmara, deu positivo para a doença. 

O segundo caso é o da esposa desse profissional, de 27 anos, que realizou a testagem em nossa unidade de campanha dia, apresentando resultado positivo para covid-19. 

Os dois estão bem, isolados e monitorados pela nossa equipe de saúde da família. Nesse momento não apresentam mais sintomas e serão novamente avaliados pela equipe médica na próxima semana, para possível diagnóstico de cura. 

Informamos que o resultado do exame da profissional de saúde, de 29 anos, cujo caso estava sob investigação, deu negativo para covid-19. 

Em contrapartida, temos mais dois casos em investigação. O primeiro é o de uma paciente, de 73 anos, diabética, que apresentou sintomas sugestivos de covid-19 e deu entrada no Hospital Regional Emília Câmara. A mesma se encontra internada em leito de isolamento no referido hospital e aguarda o resultado do exame após coleta de swab. O segundo caso é o de uma paciente, 65 anos, que apresentou desconforto respiratório e deu entrada no Hospital Regional Emília Câmara. No hospital foi realizada a coleta de swab, o seu estado é estável e ela está internada em um leito de isolamento, aguardando resultado do exame. 

Hoje também foram realizados 16 testes rápidos em Afogados, sendo 14 em nossa unidade de campanha e 02 em laboratórios particulares. Todos deram negativo para covid-19. 

Hoje registramos, infelizmente, o falecimento do paciente que se encontrava internado no Hospital Otávio de Freitas, em decorrência de tratamento de complicações no apêndice. Como informamos ontem, ele apresentado também sintomatologia compatível com covid-19 e o hospital decidiu coletar swab para testagem laboratorial. Seguindo os protocolos do Ministério da Saúde, o caso entra como óbito em investigação. A única coisa que cabe ao município é aguardar o exame laboratorial e a definição da equipe médica que cuidou do paciente a respeito da “causa mortis”.

Aproveitamos para expressar nossas condolências aos familiares e amigos e desejar que Deus, em sua magnânima misericórdia, conforte a todos. 

Por último, informamos que em decorrência do atraso na divulgação dos números da pandemia no Brasil, por parte do Ministério da Saúde, no nosso boletim de hoje repetimos os números da doença no País divulgados ontem pelo Ministério.




Postar um comentário

0 Comentários