Serra Talhada: descumprimento de decreto, prisão por mandado e tráfico de drogas

Descumprimento de decreto -
Policiais Militares do 14° BPM foram solicitados pela Central de Operações para se deslocar a Av: Argemiro Pereira de Menezes, Vila Bela, onde segundo informações um indivíduo estava tentando abrir a porta de uma residência, ao chegar no local, nada foi contatado. Ao seguir em rondas, esta equipe visualizou um motoqueiro em atitude suspeita, que ao realizar a abordagem foi verificado que a garupa jogou uma peteca de substância analógica “a Cocaina”. O piloto da motocicleta falou que precisava trabalhar de moto táxi e que teria sido contratado pelo valor de 7,00. Diante o fatos, as partes foram conduzidas a Delegacia de Polícia local para serem tomadas as medidas cabíveis.

Prisão por mandado - Policiais Militares do 14° BPM dando continuidade ao B.O 11301239, ao apresentar os envolvidos na DPC, foi realizado uma busca no Banco de Nacional de Mandados, constava em aberto mandado de prisão pela comarca de Sertânia, conforme o processo Nº 0000146-64.2020.8.17.0560. O imputado de identidade não revelada foi acompanhado até Delegacia de polícia Civil onde foi recolhido.

Tráfico de drogas - Policiais Militares do 14° BPM quando em rondas com abordagens foram informados que havia um Celta de cor preta, vendendo drogas na localidade da Borborema, local conhecido como compra e consumo de drogas. Chegando ao local, visualizaram o referido carro parado no acostamento com a porta aberta e um individuo fora do carro, que ao perceber a presença do policiamento, jogou um sacola no chão e saiu correndo adentrando no matagal tomando destino ignorado. Os outros dois ocupantes do veículo foram detidos e ao serem abordados, foi encontrado dentro do carro 03 (três) papelotes de maconha prontas para o consumo, R$ 630,00 (Seiscentos e trinta reais), 07 (sete) papelotes de maconha, um celular J7 branco Samsung. Diante o fato, os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia local, onde os imputados foram autuados em flagrantes.

Postar um comentário

0 Comentários