Policial: descumprimento de medida protetiva em Afogados e de decreto em Quixaba e porte de arma em Serra Talhada, Flores e Santa Cruz

Descumprimento de medida protetiva em Afogados -
O efetivo do 23º BPM foi acionado pela Central de Operações a fim de averiguar uma denúncia de descumprimento de medida protetiva em Afogados da Ingazeira. 
Chegando ao local, o policiamento encontrou o acusado na casa vizinha a residência da vítima, ao ser indagado, ele afirmou que tinha conhecimento da ordem de restrição e que havia ido ao local deixar um amigo. Diante disso, as partes foram conduzidas à delegacia, onde o imputado foi autuado em flagrante delito.

Descumprimento de decreto em Quixaba - O efetivo do 23º BPM foi acionado pela Central de Operações para prestar apoio a Secretaria de Saúde do município de Quixaba na fiscalização quanto ao cumprimento do decreto estadual sobre o Covid-19. Durante as diligências, o policiamento flagrou um estabelecimento de vendas e consertos de aparelhos eletrônicos aberto, descumprindo assim o decreto nº 48.834 combinado com o art. 268 do CP. Diante disso, o proprietário foi detido e apresentado na Delegacia de Polícia local, onde foi lavrado um TCO.

Porte de arma branca em Serra Talhada - Policiais Militares do 14° BPM em rondas na Rua Enock Ignácio de Oliveira, Centro, avistaram o imputado furando o sinal vermelho do semáforo. Em abordagem pessoal, foi encontrada uma faca peixeira de fabricação artesanal em sua cintura. Diante do fato o envolvido e a arma branca foram encaminhados a Delegacia de Polícia local, onde foi confeccionado um TCO em desfavor do mesmo.

Porte de arma de fogo em Flores - Policiais Militares do 14° BPM quando em rondas pela PE 337 abordaram um veiculo gol e encontraram em seu interior uma espingarda tipo soca soca, o qual o homem assumiu a propriedade. Diante dos fatos o mesmo e a arma apreendida foram encaminhados a Delegacia de Polícia local, onde o imputado foi autuado em flagrante.  

Porte ilegal de arma branca em Santa Cruz da Baixa Verde - Policiais Militares do 14° BPM foram solicitados através de uma ligação anônima  para atender uma possível confusão nas proximidades da igreja cristã na rua velha onde  um dos envolvidos estava portando uma faca peixeira de aproximadamente 05 polegadas. Chegando ao local a vitima relatou que estava trabalhando quando imputado chegou embriagado em posse da citada arma branca e o ameaçou, puxou a faca para a vitima com o intuito feri-lo. A vitima tentou proteger-se, enquanto o imputado dizia “vou lhe matar” com um chicote, e vale ressaltar que já há uma queixa-crime anterior contra o acusado. Diante do fato os envolvidos foram encaminhados a Delegacia de Polícia local, onde foi confeccionado um TCO em desfavor do imputado.

Postar um comentário

0 Comentários