Influenciador digital é investigado pelo MP depois de receber auxílio emergencial

O influenciador digital baiano Abner Pinheiro, de 21 anos, se envolveu em uma polêmica ao publicar um vídeo comemorando a aprovação do auxílio emergencial, benefício pago pelo Governo Federal aos trabalhadores informais, autônomos, desempregados e MEI, durante três meses por conta da pandemia do novo coronavírus.

Segundo os seguidores do influenciador, Abner não precisa do dinheiro. Ele publicou nas redes sociais que vai utilizar o dinheiro para distribuir cestas basicas no bairro onde cresceu em Salvador, São Caetano.

O Ministério Público Federal está apurando a denúncia de estelionato e falsidade ideológia feita contra o influenciador.

Postar um comentário

0 Comentários