Com 592 novos casos, Pernambuco beira as 15 mil infecções pelo novo coronavírus

Em boletim preliminar, divulgado ao meio-dia desta quarta-feira (13), a Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou 592 novos casos do novo coronavírus em Pernambuco. Agora, são 14.901 infecções confirmadas, desde que a pandemia começou no estado, em 12 de março. Desses novos casos, 232 são considerados graves/Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e outros 360 são leves.

Quanto às mortes, Pernambuco recebeu a confirmação laboratorial de 67 óbitos decorrentes da Covid-19, a doença que a pessoa desenvolve ao ser infectado pelo novo coronavírus. Agora, são 1.224 mortes causadas pelo patógeno. Mais detalhes sobre casos e óbitos serão divulgados até o início da noite, no boletim consolidado da SES.

Morte de bebê

Nessa terça (12), o governo de Pernambuco confirmou a morte de uma bebê de quatro meses, em Floresta, no Sertão de Pernambuco. A menina morreu no dia 5 de maio, mas somente ontem que foi atestado que foi caso de Covid-19. A criança é indígena, da etnia pipipã, e é a mais jovem paciente a morrer pelo novo coronavírus no estado.

Videoconferência

Em um encontro por videoconferência, o governador Paulo Câmara participou, também nessa terça, de reunião com quase 150 prefeitos de municípios da Região Metropolitana do Recife, da Zona da Mata, Agreste e Sertão do estado. Acompanhado pelos secretários da Casa Civil, José Neto; Fazenda, Décio Padilha; e da Saúde, André Longo, o governador fez um detalhamento dos protocolos e ações, aquisições de equipamento e pessoal, bem como da estrutura articulada nos últimos meses pelo governo do estado para o combate à pandemia do novo coronavírus.

Câmara destacou a importância da infraestrutura montada para atender aos pacientes da Covid-19. Em dois meses, o estado abriu 532 novos leitos de UTIs e 616 novos leitos de enfermaria, contratou cinco mil profissionais da área de saúde e aumentou a capacidade de testagem para o coronavírus, passando de 200 para sete mil exames semanais. Foram comprados mais de 15 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), destinados a abastecer o sistema público de saúde. (Diário de Pernambuco)

Postar um comentário

0 Comentários