Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (22/05/2020)

Prefeituras terão 10 dias para informar ações de combate ao Covid-19 - 
Os prefeitos dos 184 municípios pernambucanos terão um prazo de 10 dias para informar ao Tribunal de Contas, todas as ações que estão sendo implementadas pela administração nas áreas de saúde e assistência social, durante o período de combate ao novo Coronavírus. 
A resposta será dada por meio de um questionário enviado às prefeituras pela Coordenadoria de Controle Externo do TCE, encaminhado na última segunda-feira (18). O formulário aborda questões relacionadas a normativos publicados, plano de contingência, protocolos na atenção básica, treinamento das equipes de saúde, canais de teleatendimento, contratações/aquisições, ações de assistência social e aos alunos da rede municipal, e infraestrutura hospitalar de suas localidades.

Eleição adiada - A eleição municipal provavelmente será adiada, mas diferente como muitos pensam ou torcem, o pleito ainda acontecerá este ano. Ou em novembro ou em dezembro, o Congresso já tem várias propostas. 

Criticou – Em sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro criticou o ex-ministro da Saúde e senador Humbeto Costa por ter entrado no TCU contra o protocolo da cloroquina. A movimentação do petista irritou o presidente!

Drama escolar – As escolas estaduais foram fechadas desde 18 de março, devido à pandemia do novo coronavírus. As aulas na rede pública foram substituídas por modalidades a distância, como as aulas transmitidas pela TV e pela internet, mas nem todos conseguem acompanhar. No Recife, o relato é de distribuição de livros na rede municipal, mas sem orientação próxima. Em todo o País, estudantes, pais e professores relatam “apagão” na educação. Só na rede estadual, a suspensão das aulas impacta, ao menos, 580 mil estudantes, sem contar os alunos das redes municipais e da rede privada, também afetados pela decisão. (Magno Martins)

Justiça arquiva processo que investigava Lula por chamar Bolsonaro de miliciano - A Justiça acolheu pedido do Ministério Público Federal que propôs o arquivamento do inquérito em que Sergio Moro, quando comandava o Ministério da Justiça, pediu que Lula fosse investigado com base na Lei de Segurança Nacional por crime contra a honra do presidente Jair Bolsonaro. O petista disse, em um discurso, que não era possível que o Brasil tivesse "o desprazer de ter no governo um miliciano", responsável pela violência "do povo pobre"e "pela morte da [ex-vereadora] Marielle". Em sua decisão, Francisco Codevila, juiz federal da 15ª Vara Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal, afirma que Bolsonaro não sofreu lesão ou foi exposto a qualquer tipo de lesão com a manifestação de Lula, "a despeito de serem profundamente desrespeitosas".

Pastor Eurico pede mandado de segurança suspendendo quarentena em Pernambuco - O deputado federal Pastor Eurico (Patriota) entrou no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) com um pedido de mandado de segurança para impedir a quarentena nas cidades onde ela foi decretada no Estado. O pedido foi feito na última terça-feira (19) e chegou ao gabinete do desembargador Demócrito Ramos Reinaldo Filho na última quarta (20).

Postar um comentário

0 Comentários