Adolescente mata irmã de 10 anos com marteladas após briga por tablet

O rapaz de 15 anos disse, em depoimento, que matou a irmã porque ela “encheu o meu saco”

Um crime bárbaro chocou a cidade de Taraz, no nordeste do Cazaquistão. Um adolescente de 15 anos matou a irmã, de 10 anos, com golpes de martelo, enquanto ela dormia, após uma briga pelo uso do tablet. Segundo a imprensa local, depois de assassinar a irmã, o jovem, chamado de Aleksey, a levou para rua e a colocou em frente ao portão de vizinhos.

Pela manhã, ele trocou de roupas e foi ao quarto dos pais. Aleksey disse que a irmã “havia desaparecido”. A família chamou a polícia, que encontrou Luda com os ossos do crânio quebrados. Os paramédicos foram chamados, mas já era tarde demais.

O rapaz de 15 anos disse, em depoimento, que matou a irmã porque ela “encheu o meu saco”

Um crime bárbaro chocou a cidade de Taraz, no nordeste do Cazaquistão. Um adolescente de 15 anos matou a irmã, de 10 anos, com golpes de martelo, enquanto ela dormia, após uma briga pelo uso do tablet. Segundo a imprensa local, depois de assassinar a irmã, o jovem, chamado de Aleksey, a levou para rua e a colocou em frente ao portão de vizinhos.

Pela manhã, ele trocou de roupas e foi ao quarto dos pais. Aleksey disse que a irmã “havia desaparecido”. A família chamou a polícia, que encontrou Luda com os ossos do crânio quebrados. Os paramédicos foram chamados, mas já era tarde demais.

Uma vizinha contou que ouviu uma briga durante a noite anterior pelo tablet. Luda queria usar o equipamento para estudar, enquanto o irmão gostaria de jogar. “Logo depois, vi ele carregando um martelo”, contou Shynar Myrzakhmetova à imprensa local.

O irmão logo confessou o crime, e a polícia encontrou o martelo e as roupas dele sujas de sangue. De acordo com as leis do país, Aleksey pode pegar até 15 anos de prisão se for condenado. Durante o interrogatório, ele disse que matou a irmão porque ela “encheu meu saco”.

Postar um comentário

0 Comentários