Em Tabira, Djalma garante que candidato governista sairá de pesquisa entre ele e Flávio; e Marcos Crente responsabiliza deputado pela divisão

Dois vereadores e dois destinos para a sucessão municipal de Tabira. 

Djalma das Almofadas eleito e reeleito no palanque do ex-prefeito Dinca pelo MDB, passou de líder da oposição para integrante da bancada governista e tem o nome colocado pelo PT como um dos postulantes a cadeira do Prefeito Sebastião Dias (ainda no PTB, mas vai mudar para o PSB). 

Marcos Crente, eleito no palanque da 3ª via pelo PSB, se transferiu para o DEM e tem o nome cogitado como pré-candidato a vice do bloco do ex-prefeito. 

Falando a Rádio Cidade FM, cada um expôs as suas possibilidades para a eleição. 

Djalma confirmou a realização da pesquisa informada por José Amaral ao Programa Cidade Alerta, mas já que o vice-prefeito não se filiou ao PT, a pesquisa valeu pra ele e o vereador Aristóteles Monteiro e assim em disputa com Flávio Marques, Secretário de Administração, novo filiado a sigla, sairá o candidato do palanque governista. 

Já Marcos Crente declarou respeitar a liderança do Deputado Carlos Veras, mas o responsabiliza pela divisão do grupo. “Ficou claro que quem não aceitar a chapa PT/PSB dane-se. Para que esta decisão fosse tomada, vereador não foi ouvido, suplente não foi escutado”. Marcos admite ter sido convidado para integrar a chapa de oposição como vice, mas disse entender que tem o bloco da ex-vice-prefeita Genedy Brito e assegurou estar torcendo pelo ingresso da Presidente da Câmara Nely Sampaio (PSC) no bloco e ela também tem chances de formar na majoritária. Marcos Crente mostrou-se confiante de que Dinca ao contrário do que todos já conhecem, terá um governo com perfil diferente, democrático, e ouvirá os aliados e o povo, ou seja, será um novo Dinca. (Por Anchieta Santos)

Postar um comentário

0 Comentários