Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (22/04/2020)

23 abril Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Compra suspensa – A pandemia do coronavírus abriu brecha para compras públicas esdrúxulas e suspeitas, conforme registrei neste espaço. Ontem, por exemplo, foi suspensa a aquisição, sem licitação, de smartphones para 2,5 mil alunos do 9º ano das escolas públicas de Recife, que custaria R$ 1,6 milhão aos cofres do município. Ao pedir a suspensão da compra, o Ministério Público de Contas não encontrou informações sobre a empresa selecionada. Também apontou falta de consistência no argumento apresentado pela Prefeitura: diminuir a desigualdade em relação aos alunos da rede privada. A Secretaria de Educação diz que o smartphone serviria para professores ofertarem “aulas à distância por meio de jogos educacionais” durante o período de isolamento. (Magno Martins)

PDT protocola impeachment de Bolsonaro - A executiva nacional do PDT deu entrada, ontem, na mesa diretora da Câmara dos Deputados, ao pedido do impeachment do presidente Bolsonaro. A peça é fundamentada segundo o partido na postura inadequada e pouco responsável para um chefe da Nação diante da maior crise de saúde do País, a pandemia do coronavírus. Alega que houve cometimento de crime de responsabilidade no artigo 85 da constituição, bem como de dispositivos da lei 1.079/1950. Os atos, segundo o PDT, atentaram contra o livre exercício dos poderes, o exercício dos direitos individuais e sociais (saúde), contra a segurança interna do País, contra a probidade da administração e o cumprimento das leis e das decisões judiciais.

Discrição – Diferentemente do seu antecessor, o ministro da Saúde Nelson Teich decidiu adotar uma postura mais discreta nas movimentações da sua pasta. Porém, segue trabalhando no sentido de apresentar um plano que traga resultados efetivos para o país na luta contra a Covid-19.

Compesa assegura que barragem de Triunfo, não corre risco de rompimento - A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) reveliu ontem, quarta-feira (22) que não procede à informação que circula em Triunfo, de que a barragem de Brejinho corre risco de rompimento. Segundo a Compesa, a barragem é monitorada sistematicamente pela Gerência de Segurança de Barragens e, conforme inspeções realizadas, não foram identificados problemas que comprometam a segurança do reservatório ou que indicasse estado de emergência. Na ú ltima segunda-feira (20), técnicos da Gerência GNR Pajeú estiveram novamente vistoriando a unidade e, mais uma vez, não foram identificados problemas que indicassem a inclusão da barragem em estado de emergência. (Rádio Vivo)

Auxílio Emergencial leva multidão às ruas de Serra Talhada - O feriado de 21 de abril provocou um efeito que vai de encontro às recomendações de isolamento social em Serra Talhada. Desde as primeiras horas da manhã de ontem, quarta-feira (22) que centenas de pessoas se aglomeraram na Praça Sérgio Magalhães e Avenida Enock Ignácio, a maioria, em busca de informações com relação ao ‘coronavoucher’, auxílio de R$ 600 do governo federal. A reportagem flagrou algumas pessoas sem máscaras, mas a maioria estava prevenida e obedecendo a distância regulamentar. O problema foram as reclamações com relação ao pagamento do auxílio. Muitos ainda não tinham recebido a primeira parcela, quando já foi anunciado o pagamento da segunda. (Anchieta Santos)

Inocente quer saber – Os prefeitos do Pajeú flexibilizarão o funcionamento do comércio em suas cidades?

0 comentários:

Recent Comments