Professora grávida é agredida por aluna dentro de sala de aula

Uma professora grávida de 5 meses afirma ter sido agredida por uma aluna de 15 anos, na última sexta-feira (6), na Escola Estadual Leny Barros, em Assis, no interior de São Paulo. As informações são do G1.

De acordo com o boletim de ocorrência, a professora estava dando aula e uma aluna estava conversando muito. A docente chamou a atenção da adolescente, que decidiu sair da sala.

Em seguida, a professora relata que pediu para a estudante voltar para aula. Nesse momento, a aluna voltou e a agrediu com empurrões, puxões de cabelo e arranhões.

Segundo a polícia, a professora foi levada para a maternidade de Assis e passou por exames que concluíram que a gestação não foi afetada. A docente foi afastada do trabalho e está muito abalada.

Em nota enviada ao G1, a Diretoria Regional de Ensino de Assis informou que repudia toda e qualquer forma de agressão e violência, principalmente dentro do ambiente escolar.

De acordo com a nota, os responsáveis pela aluna foram convocados e compareceram para uma reunião na escola. A Secretaria de Educação informou ainda que o Conselho Tutelar e o Conselho de Escola foram convocados para definir quais medidas serão adotadas, e a Regional informou que presta total apoio à professora. (Isto É)

Postar um comentário

0 Comentários