O que a bíblia fala sobre pestes e o que devemos fazer

22 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Nesses últimos dias, os jornais e sites de notícias trouxeram uma notícia muito preocupante a todos nós: o coronavírus chegou ao Brasil! Autoridades de todo o planeta estão se mobilizando para combater esse mal que muitos acreditam estar ligado às doenças e pestes mencionadas no Livro de Apocalipse.

E diante de tanta notícia ruim e de tanto medo e desespero das pessoas, eu me perguntei a Deus: “Senhor, o que eu posso fazer para ajudar a aliviar, pelo menos um pouco, a preocupação das pessoas por causa do coronavírus? E, ao ler a Bíblia, entendi que a melhor coisa que podemos fazer é repetir a oração do rei Josafá, que disse: “Deus, nós não sabemos o que fazer, mas os nossos olhos se voltam para Ti” (2 Crônicas 20:12).

A Bíblia conta que Judá estava prestes a ser atacada pelo poderoso exército de Edom, uma nação que cultuava e servia a falsos deuses e que queria destruir o povo de Deus. Ao saber da notícia de que sua terra seria invadida por inimigos cruéis, o rei Josafá ficou desesperado, sem saber o que fazer. Porém, a sua fé no Deus todo poderoso foi mais forte e aquele rei confiou que o Senhor poderia livrar Judá não só dos ataques dos exércitos inimigos, como também de qualquer desastre que pudesse vir! Veja o que Josafá disse:

“Se algum mal nos sobrevier, espada por castigo, peste ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois o teu nome está nesta casa; e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás.” (2 Crônicas 20:9)

Josafá confiava no poder e na fidelidade de Deus, independentemente das circunstâncias. Mesmo diante da ameaça de nações mais fortes, de pragas ou de doenças, ele sempre clamava ao Senhor. E é exatamente assim que nós, cristãos, devemos agir diante dessa ameaça mortal chamada coronavírus. Por isso, eu vou te mostrar 5 atitudes que Josafá tomou, que podem nos ajudar hoje.

1ª atitude) Confie em Deus, mesmo se estiver com medo

No livro de 2 Crônicas capítulo 20 está escrito: “Josafá teve medo e se pôs a buscar ao Senhor” (2 Crônicas 20:3). Isso mostra que Josafá, mesmo sendo o rei de Judá e tendo comunhão com Deus, teve medo ao saber que seria atacado. Ou seja, ele era um homem comum, que tinha sentimentos como qualquer um de nós. Por isso, o primeiro passo de quem deseja receber a ajuda do Alto, é reconhecer os seus medos e fraquezas, e isso não quer dizer que não temos fé.

Se você tem ficado assustado com essa doença do coronavírus, não tenha vergonha de expor seus sentimentos em oração. A Bíblia diz que Deus conhece a nossa estrutura e Ele sabe que somos pó (Salmos 103:14), por isso, quando mostramos ao Senhor a nossa fragilidade e pedimos o Seu socorro, Ele começa a agir em nosso favor, assim como fez com o rei Josafá. Naquele momento, o ele foi tomado pelo medo, mas escolheu confiar no Senhor. E nós devemos fazer a mesma coisa diante desse momento de preocupação.

2ª atitude) Incentive as outras pessoas a confiarem em Deus

Nessa mesma passagem bíblica, vemos que, depois que Josafá buscou ao Senhor, ele ordenou que toda a nação de Judá fizesse o mesmo. Vamos ver o que está escrito:

“…E proclamou um jejum em todo o Judá. Judá se congregou para pedir socorro ao Senhor; também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar ao Senhor.” (2 Crônicas 20.3,4).

O rei sabia que a verdadeira ajuda vinha de Deus e levou o seu povo a buscá-Lo em oração. E, nesse momento em que as pessoas ao nosso redor estão com medo de serem infectadas pelo coronavírus, temos que agir como Josafá e lembrá-las de que servimos a um Deus poderoso e misericordioso, em vez de ficarmos só espalhando notícias com a intenção de causar mais medo.

A nossa postura, como cristão, tem que ser diferente. Precisamos demonstrar segurança e dizer aos outros que a saída para todos os problemas é Jesus Cristo. Quando nos arrependemos de nossos pecados e passamos a confiar nEle, experimentamos uma paz que excede todo o entendimento (Filipenses 4:7). E, quando experimentamos essa paz, o Espírito Santo nos enche de esperança e nos mostra que nenhum mal dura para sempre, e que Cristo, que é maior do que todas as coisas, sempre estará ao nosso lado e lutará em nosso favor.

3ª atitude) Creia nas promessas de Deus

Nos versículos 5 ao 12 de 2 Crônicas 20, vemos a oração que Josafá fez diante daquela ameaça. Quando os inimigos estavam se aproximando, ele se lembrou de todos os livramentos e vitórias que Deus tinha dado no passado e pediu para que o Senhor se lembrasse das Suas promessas. Da mesma forma, devemos nos lembrar daquilo que nos dá esperança e tomarmos posse das promessas descritas na Bíblia, de que nenhuma peste ou praga nos atingirá (Salmos 91).

No final da oração de Josafá, ele diz: “Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti”. (2 Crônicas 20:12)

É bem provável que você esteja com medo ou preocupado do que pode acontecer. Mas continue olhando para Jesus, porque Ele mesmo disse que no mundo teremos aflições, mas que devemos ter bom ânimo, porque Ele venceu o mundo (João 16:33).

4ª atitude) Lembre-se que Deus é quem salva

A Bíblia mostra que Deus respondeu ao clamor de Josafá e do povo de Judá, enviando um profeta para lembrá-los que de a batalha não era deles, e sim do próprio Senhor! Ele disse também que o povo nem precisaria lutar contra o exército inimigo; pois o próprio Deus agiria em seu favor (2 Crônicas 20:17).

E essa palavra também serve para nós, não apenas em relação ao coronavírus, mas em todas as áreas da nossa vida. E a única coisa que Deus pede para nós é que confiemos em Seu poder, pois Ele fará tudo o que for preciso para nos salvar.

Nós não sabemos se o coronavírus vai se estabilizar nas próximas semanas, ou se vai piorar. Isso significa que podemos ser poupados, ou nos tornarmos vítimas dessa epidemia. Mas, mesmo assim, devemos olhar para a salvação que Deus nos oferece, pois ela nos livra de algo muito pior do que qualquer doença: a condenação no inferno. A Bíblia diz que Deus não precisa provar que nos ama ao nos livrar dos males deste mundo, porque Ele já demonstrou o Seu amor ao enviar Jesus para morrer por nós pecadores, e agora, quem nEle crê, tem a vida eterna. (Romanos 5:8; João 3.16).

Eu oro para que o coronavírus acabe, mas eu sei que Deus é bom em todo o tempo, independente do que possa acontecer. E eu espero que você tenha essa mesma confiança! Amém?

5ª atitude) Louve e adore a Deus antes mesmo da vitória

Josafá confiou em Deus e fez com que o povo confiasse também. Porém, ele fez mais do que isso: aquele rei louvou e adorou ao Senhor antes mesmo da vitória contra o exército inimigo. E, depois disso, aconteceu algo surpreendente! Veja o que está escrito:

“Quando começaram a cantar e a entoar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir que vieram contra Judá, e eles foram derrotados.” (2 Crônicas 20:22).

Glória a Deus!! Quando nós paramos de focar nos problemas e começamos a louvar e engrandecer ao Senhor, o inimigo é derrotado e nós recebemos a vitória. Por isso, meu irmão, mesmo diante de tantas coisas ruins que estão acontecendo no mundo, você e eu podemos ter a certeza de que o Senhor é por nós, e que nada e ninguém pode nos derrubar.

Eu sei que o momento é de preocupação e medo por causa desse coronavírus, mas a Bíblia nos convida a agir como o rei Josafá e manter uma confiança inabalável no Senhor, mesmo quando não sabemos o que vem pela frente. Nunca duvide disso: “O mundo está em crise, mas você está em Cristo!” (Pastor Antônio Júnior)

0 comentários:

Recent Comments