Em pronunciamento, Paulo Câmara ressalta que 'ficar em casa significa salvar vidas'

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, fez na noite desta segunda-feira (23) um pronunciamento para as emissoras de televisão e rádio de todo o Estado. O vídeo também foi exibido nas redes sociais. Na gravação, ele reforçou o apelo para que todos os pernambucanos sigam engajados no desafio de combater a propagação do novo coronavírus. Paulo Câmara reconheceu a importância das instituições, públicas e privadas, que continuam em pleno funcionamento, garantindo a manutenção dos serviços essenciais.

Segue, abaixo, a íntegra do pronunciamento:

“Hoje é mais um dia de luta para o mundo, unido em uma guerra pela vida. A ordem é ficar em casa, conter a propagação do novo coronavírus e garantir cuidados a quem precisa. Qualquer ação só terá resultado se fecharmos as portas para a doença. Você pode ser um agente de proteção ou de transmissão. Ficar em casa significa salvar vidas. É impossível colocar um fiscal em cada rua, mas não hesitaremos em fazer cumprir a lei. O momento exige consciência e responsabilidade. Nossas equipes de saúde e outros serviços essenciais estão dedicados ao funcionamento do que não pode parar. Agradeço muito a todos, assim como aos que mantêm abertos hospitais, supermercados, farmácias, que nos garantem os suprimentos básicos. Fechamos escolas, restaurantes, comércio. Sabemos do impacto causado, mas a vida é a prioridade. Combater a Covid-19 é inadiável. Encontraremos, no tempo adequado, soluções possíveis para os outros problemas. Ninguém pode ser abandonado e todos temos o que fazer. Pior do que o sacrifício temporário é uma doença que tem matado milhares de pessoas. Escolha a vida. Fique em casa. Vamos juntos vencer esse desafio.”

Postar um comentário

0 Comentários