Em Afogados, mulher acusa homem de roubo e ter dito que iria estuprá-la

A Polícia de Afogados da Ingazeira ao assumir o serviço foi acionada por populares alegando que um homem usando de violência e grave ameaça subtraiu a bolsa da vítima, sendo contido por populares logo em seguida. 

Chegando no local, bairro Sobreira, o efetivo encontrou o acusado M. V. B. detido, mas bastante alterado. O mesmo resistiu à prisão, sendo necessário o uso das algemas para contê-lo e durante o percurso à delegacia ainda proferiu palavras de calão contra o policiamento, vítima e populares. 

Ao indagar a vítima sobre o fato, ela informou que M. V. B.  roubou sua bolsa e lhe agrediu com uma lanterna, e ao tentar se defender ela o empurrou contra a parede, momento este que ele agarrou-a e tentou colocar as mãos em seus seios, dizendo que iria lhe estuprar, mas testemunhas que passavam no local impediram a ação do mesmo. 

Populares alegaram que ele teria tentado atacar outras mulheres que ali passavam. 

O acusado comportava-se de forma agressiva, debatendo-se e chutando a viatura. Chegando na delegacia ele foi autuado em flagrante delito, pelo crime de roubo e será apresentado em audiência de custódia.

Postar um comentário

0 Comentários