Coronavírus: Pernambuco investiga mais 13 mortes suspeitas de covid-19 e outros vírus respiratórios

25 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Após confirmar, no início da tarde desta quarta-feira (25), a primeira morte causada pelo novo coronavírus em Pernambuco, o secretário Estadual de Saúde, André Longo, informou que há outros 13 óbitos suspeitas de covid-19 e outros vírus respiratórios em investigação. São casos de síndrome respiratória aguda grave (srag), que podem ter como causa a infecção pelo novo coronavírus ou o adoecimento por outros agentes, como os vírus da gripe. A primeira vítima fatal, em Pernambuco, é um idoso de 85 anos, que estava internado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), em Santo Amaro, área central do Recife, referência para o acompanhamento dos casos de covid-19 na rede estadual.

"Ao todo, o Estado registra, até o momento, 14 óbitos por srag, e nove deles fazem parte da faixa etária a partir dos 60 anos. Vários vírus podem causar essa síndrome, incluindo o novo coronavírus. Estamos, então, atentos à possibilidade de covid-19 (nesses casos de srag)", destacou André Longo, que pediu atenção especial para os idosos durante coletiva de imprensa online realizada pelo Governo de Pernambuco e iniciada no fim da tarde desta quarta-feira (25). 

Ainda de acordo com o secretário, a taxa de letalidade associada à covid-19 aumenta ao longo do envelhecimento. "A mortalidade é superior a 3% entre 60 e 70 anos, maior do que 8% dos 70 a 80 anos e maior do que 14,5% a partir dos 80 anos. Neste momento (da pandemia), o essencial é cuidar das vidas das pessoas mais vulneráveis, incluindo os mais idosos", frisou o gestor. (JC Online)

0 comentários:

Recent Comments