Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (07/02/2020)

07 fevereiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Há 15 anos sem reajuste salarial técnicos e auxiliares de enfermagem fazem greve e manifestação em Afogados - Ontem, quinta-feira (06.02), técnicos e auxiliares de enfermagem concursados lotados no Hospital Regional Emília Câmara (HREC), em Afogados da Ingazeira fecharam a pista em frente a unidade hospitalar – fecham por alguns segundos e liberam a seguir. Com faixa, cartazes e gritos de ordem, cobram reajuste salarial da categoria. “Pernambuco paga os piores salários aos auxiliares e técnicos de Enfermagem. O S ATENPE-P E não aceita isso. Por este motivo nós estamos reagindo. Queremos um salário mais digno.” Dizia um dos cartazes segurado por uma servidora. O movimento em Afogados acontece após outros que já foram realizados na capital pernambucana e outras cidades do interior e faz parte da busca da valorização dos profissionais de saúde que trabalham dentro dos hospitais do Estado. Segundo o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco – SATENPE-PE, os grevistas reivindicam: reposição baseada nos últimos 10 anos de inflação, isonomia salarial, adicional noturno, insalubridade, quinquênios e Atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV). Uma servidora falou a reportagem da Rádio Pajeú presente no local, que “passamos por muitas dificuldades enquanto profissionais da saúde. Desde o governo Eduardo Cam pos que a categoria não é reconhecida. Somos sempre ignorados. Precisamos fazer esse movimento para acordar a sociedade em geral. Outra servidora informou que existem profissionais “concursados mais recentes, que recebem R$774, 00 de salário. (Por Anchieta Santos)

"Luciano Huck é um estagiário", diz Ciro Gomes - Em entrevista ao historiador e comentarista político Marco Antonio Villa, divulgada na quarta-feira (5), o ex-governador do Ceará e ex-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) chamou o apresentador e potencial candidato à presidência em 2022 Luciano Huck de "estagiário" ao dizer que ele não poderia ser eleito para o Planalto porque não tem experiência na administração pública e não saberia conduzir a economia. (JC Online e Estadão Conteúdo)

Cotas – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, nesta quinta-feira (6), a cassação do diploma de 20 candidatos a vereador em 2016 — entre eleitos e suplentes — no município de Cafelândia, no interior de São Paulo. O TSE apontou candidaturas fictícias para o preenchimento da cota de gênero de mulheres, cassando a chapa completa. A cota das mulheres é uma das principais preocupações das chapas de vereadores em 2020.

Prefeito de Floresta toma rasteira de deputado aliado - Em Floresta, o deputado Fabrizio Ferraz, então aliado do prefeito Ricardo Ferraz, está criando dificuldades para seu grupo apoiar a reeleição do gestor. Ele está programando um evento de peso amanhã na cidade, mas, estranhamente, deixou o prefeito a ver navios, sem convite. O que se diz é que Fabrízio chegou à conclusão de que embarcar na reeleição do prefeito, pelo alto nível de rejeição da sua candidatura, se traduziria, de f ato, num a tremenda fria. (Rádio Vivo)

Impacto do aumento do salário mínimo nas contas municipais é de R$ 2,1 bilhões - O aumento do salário mínimo terá impacto de R$ 2,164 bilhões nas contas dos Municípios brasileiros em 2020. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) contabilizou o montante, 6,7% maior do que o impacto de 2019. Em nota oficial, a entidade ressalta que, em comparação com o ano passado, o salário mínimo aumentou R$ 47,00 (4,7%) — indo de R$ 998 para R$ 1.045. Inicialmente, o governo federal havia fixado o valor em R$ 1.039, mas houve uma atualização ainda em janeiro e com vigência a partir de 1º de fevereiro.

0 comentários:

Recent Comments