Chagas acusa companheiro de filha de o agredir. Acusado dar sua versão ao blog

28 fevereiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Foto: Músico Chagas

O músico Francisco das Chagas relatou em uma rede social que teria sido agredido nesta terça de carnaval, dia 25, dentro de sua casa, na Avenida Rio Branco.


Ele acusa o companheiro de sua filha, o educador físico Eduardo França Silva de 32 anos.

Chagas diz que o acusado estava embriagado e drogado e teria partido pra cima dele quando ele acordava. “Ele pulou em cima de mim já pegado ao meu pescoço. Entramos em luta corporal. Eu não, Deus me ajudando”. 

Chagas relata que foi muito agredido, bateu a cabeça no chão e machucou um dos braços e que teve seu carro danificado. 

Diz que conseguiu pedir ajuda à dona de um mercadinho, Emanuelle Oliveira, na Senador Paulo Guerra. 

Em contato com Eduardo França, o mesmo nos enviou esta nota:

Oi Romero! Tudo bem com você? Vou te contar a versão real dos fatos. 

Bom, estão me julgando, chamado de marginal. Eu trabalho três expedientes, manhã, tarde e noite, em duas academias.

Eu estava no terraço, meus amigos que estavam comigo já tinham ido embora. Entrei dentro de casa para dormir. O senhor Chagas de imediato abriu a porta do quarto dele e disse "você é um safado "! Como eu já sei das coisas que ele esta fazendo com a esposa, que tem a saúde fragilizada, que sofre do mal de Alzheimer, já teve câncer. Quando ele me chamou de safado, eu disse que eu e minha esposa já sabíamos de tudo que ele esta fazendo. E que safado era ele. Citei trechos do que ele está fazendo. Ele perdeu a razão veio para cima de mim eu estava durante toda discussão com os braços para trás. Ele arrancou meu cordão do pescoço, me agarrou. Como eu fiquei sem saber o que fazer para ele me soltar , eu dei uma mordida para que ele me soltasse. Justamente por que eu não queria bater nele. Ele se afastou, pisou numa poça de água que tinha na sala por conta de uma goteira e caiu no chão . E já saiu dizendo que eu o agredi. Com relação ao que ele esta fazendo com a esposa. Eu só vou falar na audiência por que envole outra pessoa .

Grato,
Eduardo França da Silva

0 comentários:

Recent Comments