Sinpol convoca todos os sindicatos de servidores estaduais para resistir à reforma da previdência de Paulo Câmara

24 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Seguindo na contramão dos interesses dos servidores públicos estaduais e rasgando o próprio discurso de oposição à Reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal - a mesma que atacou a aposentadoria de todo trabalhador brasileiro, especialmente os mais pobres - o Governo Paulo Câmara, na surdina, também encaminhou o seu pacote de maldades para a Assembleia Legislativa de Pernambuco. Propôs, entre vários ataques aos direitos dos servidores, um aumento da alíquota de contribuição previdenciária. A movimentação do Governador, em um cenário em que a PEC que inclui os Estados e Municípios na reforma nacional sequer foi aprovada , revela um inaceitável desejo de acabar com as aposentadorias dos trabalhadores públicos do nosso Estado. 

Diante dessa postura, que é um verdadeiro atentado contra os Policiais Civis e todos os servidores públicos estaduais, o Sinpol convida todas as Entidades Sindicais de representação dessas categorias, bem como todas as Centrais Sindicais, para uma reunião conjunta no próximo dia 26/11, às 9h, na sede do Sindicato dos Policiais Civis, para tratarmos das estratégias de mobilização e combate aos ataques feitos às aposentadorias dos servidores de Pernambuco. 

Também estaremos atentos à postura dos Deputados Estaduais que, em junho desse ano, concluíram uma comissão especial que analisou a então proposta do Governo Bolsonaro, tendo, na ocasião, rechaçando-a por completo, inclusive no tocante a questão do aumento da alíquota de contribuição previdenciária feita pelo servidor. Cobraremos a coerência dos Deputados e não aceitaremos que eles endossem os ataques feitos pelo governo “socialista” de Câmara aos já massacrados servidores estaduais. 

Como se não bastasse o Governo negar a discussão sobre melhorias salariais a todos os servidores, tendo categorias que estão sem reajustes há mais de 5 anos, e outras tendo sido obrigadas a trabalhar duas horas a mais, por dia, sem receber por estas horas, Paulo Câmara ainda quer destruir nossas aposentadorias. Não vamos aceitar!

Esperamos todos os companheiros e companheiras para decidirmos conjuntamente planos de ação e de mobilização de nossas bases para resistirmos aos ataques do governo estadual às nossas aposentadorias.

Serviço:

Data: 26/11
Horário: 9h
Local: Rua Frei Cassimiro, 179, Santo Amaro.

0 comentários:

Recent Comments