Policial: agressão em Tuparetama, ameaça em Carnaíba e veículo furtado em Solidão

04 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Agressão em Tuparetama - A GT foi informada pela Central do 23° BPM, que no Centro da cidade um homem agredia sua esposa. O policiamento seguiu até local e próximo ao endereço encontrou a suposta vítima, uma mulher de 33 anos, e a mesma seguiu com o policiamento até o Bar da Josi, onde seu companheiro, um homem de 37 anos, encontrava-se. A GT conduziu os envolvidos até a Delegacia de Polícia local, posteriormente a Delegacia de Plantão em Afogados da Ingazeira. O homem responderá a um TCO.

Ameaça em Carnaíba - A GT local foi solicitada através de ligação telefônica, informando que estava ocorrendo uma confusão. O policiamento chegando ao local no Centro da cidade, a testemunha informou que um homem de 34 anos estava armado com um facão ameaçando a vítima, um homem de 20 anos, após uma discussão. As partes foram localizadas, ao indagar o acusado, ele negou que estava com o facão. As partes foram encaminhadas a delegacia, porém, a vítima desistiu de representar contra o acusado.

Veículo furtado em Solidão - A GT foi solicitada pelo agente da Polícia Civil, que informou que na delegacia local de Solidão se encontrava a vítima, uma mulher de 20 anos, que relatou que no dia 28/09/2019, no Distrito de Pelo Sinal, Zona Rural de Solidão, por volta das 23:00h sua motocicleta HONDA CG 150 FAN, placa KIK 2857, cor preta de ano 2013, havia sido furtada e que ele havia obtido informações de que a referida motocicleta encontrava-se no Sitio Pintado, na posse de um adolescente de 17 anos. A GT se deslocou até o local indicado, onde a moto foi encontrada com o adolescente, com adulterações no tanque, nas rodas e na placa de identificação. Ele relatou que a tinha comprado na feira de Tabira, a um desconhecido, pelo valor de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) e pensou se tratar de uma motocicleta de leilão. No entanto, o número do CHASSI encontrava-se intacto, razão pela qual foi possível constatar que a moto se tratava da supramencionada. Diante dos fatos, o adolescente juntamente com a motocicleta, foi conduzido à Delegacia de Polícia local, na presença do conselheiro tutelar, onde foi aberto inquérito por portaria.

0 comentários:

Recent Comments