PM de folga atira em homem que atacou um cliente com facão em sorveteria; veja o vídeo

06 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A soldado da Polícia Militar que atirou em um jovem que atacou o cliente de uma sorveteria em Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, disse, em entrevista aoG1, que alertou o suspeito para que parasse de acertar a vítima e largasse o facão que carregava. Ela estava de folga naquele dia.

O suspeito, armado com um facão, só parou de golpear a vítima quando foi baleado pela policial.

A situação ocorreu na tarde de domingo (3) no Distrito de Guariba. O suspeito, Cremildo da Silva Ribeiro, de 21 anos, acabou baleado pela policial na perna e foi preso. A vítima atingida pelos facões, Nelson José de Arruda, de 33 anos, foi internada.

A policial, Claudia Kafer, 32 anos, conversou por telefone com o G1.

Em quase 9 anos de Polícia Militar, foi a primeira vez que a soldado teve que reagir em uma situação fora do trabalho.

Kafer disse que outras pessoas estavam na sorveteria e assistiam futebol pela televisão. Cremildo estava com uma touca e um capacete para que não fosse identificado.

A policial pagava os produtos no momento em que ele chegou em uma motocicleta e começou a atacar o cliente.

Os dois homens envolvidos no caso foram liberados do hospital nessa segunda-feira (4). A Polícia Civil investiga a motivação do crime.


0 comentários:

Recent Comments