Mulher é morta a tiros pelo noivo por ‘dar muita atenção’ ao filho de um ano

27 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Uma jovem de 17 anos foi morta a tiros pelo noivo por ciúmes dela com o filho de um ano, na última terça-feira (19), no Rio de Janeiro. Maria Eduarda Lima teve ferimentos na cabeça e nas mãos. O caso foi considerado como feminicídio.

De acordo com o tio da vítima, Lucas Rodrigues, de 26 anos, na noite anterior ao assassinato a jovem mandou uma mensagem para a mãe. Ela disse que Patrick Azevedo da Silva, de 22 anos, tinha uma arma e ameaçava matá-la.

Quando os familiares foram até a casa de Eduarda, ela estava no chão ferida e o bebê estava chorando ao lado da mãe. O pai da adolescente, em entrevista, disse que foi avisado por vizinhos sobre o que poderia acontecer com a jovem.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Estadual Alberto Torres mas não resistiu. Os médicos informaram que a bala estava alojada em um local complicado e adiaram a cirurgia de remoção, já que esperavam uma melhora de Eduarda. Na última quarta-feira (22), ela teve morte cerebral.

O autor do feminicídio, Patrick, foi localizado depois de uma denúncia anônima. Já o bebê passa bem e está sob os cuidados dos avós. (Portal PE 10)

0 comentários:

Recent Comments