Prefeita de Brejinho reclama contra hospital de São José do Egito por não atender pacientes de seu município. Tânia não disputará a reeleição

27 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Prefeita de 1º mandato, Tânia Maria (PSB) deixou claro que não pretende disputar a reeleição no município de Brejinho em (2020). 

Mesmo dizendo está satisfeita e feliz em governar a sua cidade, ele confessou durante entrevista a Rádio Cidade FM ontem que sua missão estará concluída em dezembro de 2020. Tânia admitiu que o ex-prefeito José Wanderley (PSB), deverá ser mesmo o nome do grupo governista. A prefeita disse ser uma inverdade da oposição dizer que Wanderley é quem manda na gestão. Mesmo assim admitiu que alguns secretários do seu governo são parentes do ex-prefeito. 

Para defender a gestão das criticas da oposição, Tânia disse receber apenas R$ 18 mil mensais para atender TFD e fazer o Hospital funcionar. Com isso a prefeitura gasta mensalmente cerca de R$ 400 mil dos recursos próprios. Ela admitiu que a 1ª referência de saúde de Brejinho é o Hospital Maria Rafael em São José do Egito com quem existe convênio com cotas pagas pelo Governo do Estado e mesmo assim por vezes o atendimento é negado a pacientes de Brejinho. “Nossa sorte é o Hospital Regional em Afogados da Ingazeira, onde nosso povo é bem atendido”. A Prefeita prometeu procurar o prefeito Evandro Valadares para cobrar explicações (a oposição acusa já ter morrido um homem depois de ter o atendimento negado em SJE). 

Sobre os buracos entre a ciclovia da cidade e o asfalto, Tânia Maria informou ter recebido da Secretária de Infraestrutura Fernanda Batista a promessa de que em outubro haverá a correção. Destacando as principais obras nos quase três anos de gestão a Prefeita citou: construção de barragens, açudes, recuperação de estradas, Academia da Saúde, Reforma da Academia da Cidade, recursos conquistados para construir Academia da Cidade em Placa de Piedade, Quadra Soçaite com gramado sintético sendo concluída na cidade, quadra em fase de conclusão na Vila de Fátima, calçamento de sete ruas e outras ações. 

Sobre o rompimento do vice Manoel da Carne, a Prefeita Tânia Maria entendeu como algo normal da política. (Por Anchieta Santos)

0 comentários:

Recent Comments