Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (18/09/2019)

18 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Quem ganhou? - A afirmação de Marília Arraes (PT) de que quem venceu o processo de eleição direta no PT “foi o PSB” é meia verdade. De fato, é público e notório o engajamento dos secretários Dilson Peixoto (Agricultura) e Oscar Barreto (Saneamento, PCR), além do presidente do IPA, Odacy Amorim, na campanha do presidente Doriel Barros. (Inaldo Sampaio)

Vereadores de Carnaíba solicitam do IFPE análise da água de Ibitiranga - Durante a última Sessão da Câmara de Vereadores de Carnaíba, os vereadores Irmão Adilson e Gleybson Martins, apresentaram o Requerimento de n° 047/2019, que solicita ao professor Ezenildo Emanuel de Lima, Diretor-geral do Instituto Federal de Pernambuco – IFPE- campus Afogados da Ingazeira, uma retirada de água de um poço artesiano do distrito de Ibitiranga, no município de Carnaíba, para análises de qualidade da água. Segundo os autores do Requerimento, o poço se encontra próximo a uma passagem de esgoto e pensando em preservar a vida e a saúde dos moradores de Ibitiranga, ambos fazem a solicitação. Ainda subscreveram a solicitação os vereadores Antônio Chico, Everaldo Rodrigues e Cícero Batista. (Por Anchieta Santos)

Prefeito de Salgueiro esquece decoro em farra com trio - O prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro (MDB), exagerou nas comemorações do seu aniversário, domingo passado. De acordo com vídeo que “corre trecho” nas redes sociais, o prefeito acompanhava pelas ruas o trio elétrico contratado por ele para a festa e se empolgou. Tirou a camisa para dançar no meio do povo sem largar a latinha de cerveja na mão, conforme publicação do Blog do Magno. Os prefeitos ao que parecem não estão ligando para decoro no Sertão. Em julho, o gestor de Santa Terezinha, Vaninho de Danda, foi flagrado no João Pedro tomando wisky no gargalo e agredindo seu adversário e presidente da Câmara, Doutor Júnior.

Raquel Dodge pede ao STF para derrubar decretos de Bolsonaro que facilitaram acesso a armas - A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta terça-feira (17) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar todos os decretos do presidente Jair Bolsonaro que tornaram mais flexíveis as exigências para a posse e o porte de armas. O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. É diferente da posse, que só permite manter a arma dentro de casa. No último dia à frente da PGR, Raquel Dodge se manifestou a favor de ações apresentadas ao STF pelos partidos Rede Sustentabilidade e PSOL que visam barrar os decretos. A relatora das ações é a ministra Rosa Weber e não há data prevista para o julgamento do caso.

0 comentários:

Recent Comments