VÍDEO | Vendedor ambulante tem empadinhas jogadas no chão por fiscal no Terminal de Carapina

09 julho Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Um vendedor ambulante teve suas empadinhas jogadas no chão por um fiscal de ônibus, no Terminal de Carapina, na Serra. A confusão aconteceu na manhã desta terça-feira (9) e revoltou os passageiros que passavam pelo local. 

Um estudante, que estava a caminho da faculdade, contou que viu uma aglomeração e parou para saber o que era. Neste momento, uma das pessoas o informou que a mercadoria do rapaz havia sido derrubada de forma intencional. 

"Eu estava indo pra faculdade. Quando fui passar de uma plataforma à outra, reparei uma aglomeração de cerca de 50 pessoas e um vendedor ambulante com semblante triste. Perguntei a uma pessoa do que se tratava e o mesmo disse que um fiscal havia derrubado forma intencional, as empadas do jovem ambulante", contou. 

Logo após o ocorrido, várias imagens foram publicadas nas redes sociais e os internautas demonstraram muita indignação. “É meus amigos, vivi pra ver ambulantes serem tratados como lixo”, lamentou uma pessoa que testemunhou o caso.

De acordo com testemunhas, o rapaz já vende empadas no local frequentemente. Segundo relatos, o fiscal não teria sequer conversado com o ambulante e que apenas teria empurrado sua cesta. 

Por meio de nota, a Ceturb-ES informou que, na manhã desta terça-feira (09), um ambulante, após ser abordado pela fiscalização, se recusou a sair. O fiscal segurou na alça da caixa que o vendedor levava e essa caiu no chão. Houve tumulto, a polícia foi acionada e todos foram para a delegacia para registrar o boletim de ocorrência. A Ceturb-ES informou ainda que vai apurar se houve abuso na conduta das partes envolvidas para adotar as medidas administrativas cabíveis.

Veja a nota na íntegra:

A Ceturb-ES informa que a comercialização de produtos dentro dos terminais ė proibida, conforme Decreto Estadual 3.549-R, de 2014, que trata do regulamento dos terminais. Além disso, a lei de licitações determina que espaços públicos sejam explorados mediante licitação. Dessa forma, a fiscalização da empresa aborda diariamente vendedores ambulantes que insistem em usar o espaço para comercialização. Na manhã desta terça-feira (09), um ambulante, após ser abordado mais uma vez pela fiscalização, se recusou a sair. O fiscal segurou na alça da caixa que o vendedor levava e essa caiu no chão. Houve tumulto e a polícia foi acionada e todos foram para a delegacia para registrar o boletim de ocorrência. A Ceturb-ES vai apurar se houve abuso na conduta das partes envolvidas para adotar as medidas administrativas cabíveis. (Folha Vitória/ R7)


0 comentários:

Recent Comments