Dinca Brandino diz que não foi candidato em 2016 porque Nicinha ganhou a pesquisa

04 junho Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Depois de publicar em seu blog que a gestão Sebastião Dias (PTB) havia pago até agora cerca de R$ 10 milhões de reais em despesas com a guarda municipal o ex-prefeito Dinca Brandino (MDB) foi contestado pelo Secretário de Administração Flávio Marques durante entrevista a Rádio Cidade FM. “As despesas não passaram de R$ 3 milhões sem contar que muitos desses valores foram conquistados junto a órgãos Federais e Estaduais. E a diferença está na função da Guarda que hoje tem a sua utilidade em favor do povo e na época do ex-prefeito era usada para lhe acompanhar apenas nos Congressos Etílicos. Não sei onde ele encontrou esses valores”, disse. 

De imediato, Dinca Brandino ligou para o Programa Cidade Alerta dizendo não ser contra a guarda que ele mesmo criou; que os R$ 10 milhões gastos com a Guarda pelo governo atual estão nas prestações de contas de 2013 até agora; cobrou investimentos na saúde que hoje não tem médicos nem medicamentos, sacrificando vidas; disse que o povo tabirense tem saudades do tratamento dado a saúde pelo seu governo. 

Dinca se superou falando em pesquisa. 1º disse que fez uma pesquisa onde 78% da população respondeu nunca ter encontrado medicamento nos postos do município, contra 22% que encontraram. E a 2ª pesquisa foi a que escolheu Nicinha como candidata. “Nunca deixei de ser candidato por impedimento da justiça. Nicinha disputou porque venceu a pesquisa”, completou. 

O ex-prefeito garantiu que de 1º de janeiro a 31 de maio R$ 19 milhões de reais já entraram nos cofres do Governo tabirense. 

Dinca não descartou a possibilidade de disputar a Prefeitura da Cidades das Tradições em 2020. (Por Anchieta Santos)

0 comentários:

Recent Comments