Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (04/06/2019)

04 junho Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Pesquisa do Ibope mostra que 73% são contra a flexibilização do porte de armas - Nova pesquisa do Ibope, realizada entre 16 e 19 março, mostra que 73% dos entrevistados são contrários à flexibilização de porte para cidadãos comuns e 26% são favoráveis. 1% não souberam opinar ou não responderam. O apoio maior segue entre os homens, 34%. Entre as mulheres, cai para 18%. De acordo com a região do País, a aprovação se destaca no Norte/Centro-Oeste: 34%. Os números vão caindo, respectivamente, nas regiões Sul: 29%, Nordeste: 27% e Sudeste, agora na última posição, com 22%.

A sucessão no PSDB - Dava-se ontem como certa a escolha por Bruno Araújo da deputada estadual Alessandra Vieira para sucedê-lo na presidência do PSDB de Pernambuco. Apostava-se em gente com mais quilometragem como os prefeitos Raquel Lyra (Caruaru), Joaquim Neto (Gravatá) ou Édson Vieira (Santa Cruz do Capibaribe), ou mesmo o ex-prefeito Elias Gomes (Jaboatão), mas Araújo teria descartado.

Mutirão do Procon - Foi um sucesso o mutirão dos endividados realizado pelo Procon, na semana passada, nos municípios de Serra Talhada e São José do Belmonte. Cerca de mil pessoas foram até o órgão para negociar dívidas com a Celpe, com a Compesa e com bancos. É a prova de que o povo simples do Nordeste não gosta de dever. E, quando deve, só não paga quando não pode. Ou não tem. (Inaldo Sampaio)

Defesa de FBC – O PSL, do presidente Bolsonaro, ignorou as denúncias da revista Crusoé em cima do líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB). “Eu e os senadores do PSL estamos muito bem integrados com Fernando”, disse o senador Major Olímpio (SP), líder do PSL no Senado, para quem o senador pernambucano tem o aval do Governo.

Ministério Público de Pernambuco lança disque-denúncia contra o crime organizado - O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), criou um novo mecanismo para receber denúncias acerca de crime organizado. Agora, a população poderá denunciar casos por meio da troca de mensagens no aplicativo WhatsApp e também realizar ligações para o número: (81) 99284-0063. A identidade do denunciante será preservada. Pelo WhatsApp também são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações repassadas.

0 comentários:

Recent Comments