Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (25/06/2019)

25 junho Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Carteira de Trabalho informatizada em Tabira - Foi publicado no Diário Oficial da União o extrato do termo de cooperação celebrado entre a Prefeitura de Tabira, através da Secretaria de Administração com o Ministério do Trabalho e Emprego para emissão da nova Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) informatizada. O objetivo das mudanças é dificultar rasuras e evitar fraudes contra o Seguro-Desemprego, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e os benefícios previdenciários. O novo documento tem capa azul em material sintético mais resistente que o usado no modelo anterior, é confeccionado em papel de segurança e traz plástico autoadesivo inviolável que protege as informações relacionadas à identificação profissional e à qualificação civil do indivíduo – os dados mais visados por falsificadores. Todas as informações pessoais do trabalhador e sua fotografia são impressas na carteira no momento da emissão. Na carteira manual (antiga), as informações eram preenchidas à mão. Além da segurança, a informatização facilita a identificação dos trabalhadores por meio de uma base única de dados. Em caso de extravio do documento, o trabalhador poderá pedir uma nova via em qualquer posto do MTE, em qualquer unidade da federação. (Por Anchieta Santos)

Deputado estadual Marco Aurélio é acusado de violência doméstica - A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar agressões sofridas pela esposa do deputado estadual Marco Aurélio (PRTB). Ontem, segunda (24), a vítima prestou queixa e contou ter sido empurrada pelo marido na noite do domingo (23), quando machucou a cabeça e as costas, além de dizer ser alvo de agressões físicas e verbais constantes. A ida à Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, no Centro do Recife, foi motivada por uma situação ocorrida na noite anterior. Ainda segundo a vítima, a denúncia não foi feita antes por se sentir amedrontada devido à condição social do marido.

Zé Neto ou Nilton Mota no TCE – Passado o momento de impacto da morte do conselheiro João Campos, o governador Paulo Câmara (PSB) se debruça agora no nome que remeterá à Assembleia Legislativa para sucedê-lo. Se escolher um nome do seu coração, o mais cotado é o do secretário de Administração, José Neto. Mas o secretário da Casa Civil, Nilton Mota, também está numa boa cotação. (Rádio Vivo)

“Se fosse deputado ou senador, Moro já estava cassado ou preso”, diz presidente do Senado - O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse no jantar do site Poder 360 que o ministro Sergio Moro, "se fosse deputado ou senador, estava no Conselho de Ética, cassado ou preso". "Se aquilo for tudo verdade… esse que é o problema. Aquilo é verdade? Vai comprovar? Aquela conversa não era pra ter sido naquele nível entre o acusador e o procurador. Se isso for verdade, eu acho que vai ter um impacto grande", avaliou. A informação é do site O Antagonista.

0 comentários:

Recent Comments