Grupo de Socorristas Voluntários tem trabalho reconhecido, mas precisa de ajuda em Tabira

16 abril Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Atuando de 6ª a domingo com os mais diversos tipos de atendimentos o GSVT-Grupo de Socorristas Voluntários faz em Tabira um trabalho reconhecido pela população, mas não recebe a mesma atenção do poder público. “Praticamente pagamos para ser voluntários. Tiramos do bolso dinheiro para combustível. Nossa sede é alugada", disse Jota Campos Presidente do Grupo durante entrevista a Rádio Cidade FM. 

Ao lado da Tesoureira Geocastra Silva e do Conselheiro Fiscal Junior Terra, Jota destacou os sete meses de atuação com cerca de 70 procedimentos na cidade e zona rural. Muitos foram os testemunhos da população reconhecendo a atuação do GSVT. Uma Kombi comprada em uma loja de ferro velho e melhorada pelo Grupo, é o meio de transporte. 

Entre quase 20 integrantes, o Grupo conta com sete mulheres. Mesmo sendo de Tabira, o Grupo de Socorristas Voluntários tem integrantes de Itapetim, Afogados, Água Branca e Triunfo. Eles atuam ajudados por pequenas doações e pedem que a população tabirense se integre mais na ajuda ao trabalho voluntário. 

Dia 05 de maio um bingo de um bode será promovido pelos voluntários. (Por Anchieta Santos)

0 comentários:

Recent Comments