Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (09/04/2019)

09 abril Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Liderança de Patriota – É muito forte a liderança que o prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Amupe, José Patriota, tem junto à cúpula da Confederação Nacional Municipalista (CNM). O pernambucano é consultado para todo e qualquer passo que a entidade máxima do municipalismo dá na esfera nacional. Uma grande referência. Patriota, inclusive, lidera o debate sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) junto à confederação. (magno Martins)

Bolsonaro nem aí pra pesquisa - Uma semana após ter posto em dúvida uma pesquisa do Ibope sobre sua queda de popularidade e um levantamento do IBGE sobre o aumento da taxa de desemprego no país, o presidente Jair Bolsonaro voltou a pôr em dúvida a última pesquisa do Datafolha, divulgada domingo (6) pela Folha de São Paulo, apontando que ele tem a pior avaliação em 100 dias de governo dentre todos os presidentes que se elegeram de 1989 para cá. Ficou brabo, inclusive, porque o levantamento revelou que a maioria dos entrevistados o consideram “menos inteligente” que o ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. “Kkkkkkk”, postou Bolsonaro em seu Twitter. (Inaldo Sampaio)

COMPESA reduz rodízio após recuperação de barragens no Pajeú - Os 34 mil moradores dos municípios de Iguaraci, Ingazeira, Tuparetama e Solidão, no Sertão do Pajeú, terão mais água nas torneiras. As chuvas das últimas semanas melhoraram os níveis dos mananciais que abastecem esses municípios e a Compesa já está trabalhando para reduzir o rodízio. (Anchieta Santos)

Por suspeita de superfaturamento, TCE suspende pregão para compra de medicamentos em Custódia - O conselheiro Valdecir Pascoal expediu, monocraticamente, uma medida cautelar, publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (08), determinando à Prefeitura de Custódia que não assine o contrato, decorrente do Pregão Presencial n° 03/2019, para a aquisição de medicamentos destinados às unidades de saúde do Município. A cautelar foi expedida com base em opinativo técnico do inspetor Ivan Camelo Rocha, da Inspetoria Regional de Arcoverde, que apontou irregularidades e riscos de dano aos cofres públicos do município, tendo em vista que o pregão no valor de R$ 4.966.152,16, representa 668,21% a mais que o gasto médio anual dessa despesa no período de quatro anos, de 2014 a 2018, que foi de R$ 743.201,00.

0 comentários:

Recent Comments